I’m back. Com Clint e Marilyn

Estou quase de volta. Morta de saudade de todos. Longos meses no estaleiro :-( . Mas não resisti a dois motivos para um comeback: hoje aniversário de Clint e amanhã o de Marilyn Monroe.


Clint e “minha enteada” Allison :o)

Veja aqui:
Clint faz hoje 80 anos. Na flor da idade, of course:-)

É só isso, folks. Tô na área.
Beijos a todos. Obrigada pelos comments e e-mails

Meglyn Eastwood. :-)

***********XXXXXX********

P.S. So sorry por Dennis Hoper – R.I.P

P.S.2 – Subiu Louise Bourgeois (1911-2010)- R.I.P
E agora, como ficam as er.. aranhas?

The Hitchcock’s Best Blonde…(*)

E pra você?

E pra você?

O.K, OK, se vc lê o Sub Rosa desde o tempo em que o arco-íris (hífen?) era em branco e preto sabe que eu, pobre criatura sem idéias, contaminada irreversivelmente pelo Bacilo de Hitchcock ,  já escrevi tudo o que podia e já inventei os quizzes mais bobos e gostosinhos, modéstia às favas.

Ontem, isto é,  hoje, depois de pensar, pensar… não achei mesmo nada que já não tenha dito e/ ou republicado de alguém importante como Cabrera Infante por ex.  e resolvi perguntar ( se alguém quiser responder, fico feliz): Qual a louraça “mais mais“, a *big* and best blonde  do  Gênio (ah, vai ele era djenial) tarado por louras.
Há quem prefira Kim Novak, Tippi Hedren, Ingrid Bergman, Eve Marie Saint, Janet Leigh, até aquelas inglesas esquisitíssimas mas muito interrrrresssssantes…:-)

Eu a-m-o os filmes menores ou praticamente desconhecidos do cara. Por exemplo, O Homem Errado – The Wrong (tem loira) ou então o djenhialíssimo FRENZY, que também tem lá suas loiras .

Mas, tenho que dizer, pra mim é – É –  a Grace Kelly, que não devia ter feito outra coisa na vida a não ser ser dirigida por ele. (E olhem que eu amo a Kim Novak).

Mas especialmente nesse filme…hmmm,  eu acho que deve ser o vestido :-)  e ela ainda ter encomendado o jantar, sacumé, né?;)

Mas olha só nessa foto a  attittuddi!

E você?  acha  que  *A* big loira – cf.  Dorothy Parker, é quem  messm..?

Beijos.

Ah obrigada por vcs dois/duas ou três, estarem comentando, como eu já disse assim que puder, venho e respondo tudíssimo.

Nota:Se quiserem, leiam aqui, no meu site,  o belo ensaio de Davi Arrigucci Jr.  inspirado por Cain , alias, Cabrera Infante.

==

(*) Thx, C.

PAULO MENDES CAMPOS (IV e V)- Feliz Aniversário, Paulo!

kiki de Montparnasse/Man Ray

Kiki de Monparnasse por Man Ray

SABEDORIA

Se acaso, por um momento, teu coração, como o de teu pai, ficar vazio, arruma a casa, abre a janela, põe tua roupa nova — para que o vento a caminho, mais uma vez, te arrebate vivo.
***
Fotógrafo de parque faz instantâneo de eternidade.
***
Vinho farto e mulheres limpas consolarão do exílio o estrangeiro.
***
São seis os elementos: ar, terra, fogo, água, sexo e morte. Não, são sete: e lirismo.
***

Sabedoria… a máxima seria anoitecer como um bêbado e amanhecer como um abstêmio.
***
Maturidade é recolocar, em juízo, os dramas do adolescente.
***
Rebeldia é instinto de conservação do entendimento.
***
O diabo da escola da vida é a bagunça do método pedagógico.
***
O bom historiador que escreve mal devia entregar o seu material ao mau historiador que escreve normal.
***
Quase todos vivem em permanente rendição. Os melhores alternam períodos longos de rendição com tumultos libertários. E só os raros vivem em guerra permanente pela independência.
***
A verdade, esta mitômana.
***
O vazio me enche.
***
O grave do homem grave é que ele não está fingindo: é grave mesmo.
***
Fotógrafo de parque documenta para a posteridade o insuportável silêncio do anonimato.
***
Executados os exercícios da dor, os ofícios humanos se arrastam numa gelatina desculpavelmente ridícula.
***
A natureza para ser comandada precisa ser obedecida.
***
Quem jamais foi traído não sabe o que perdeu.
***
O povo é o silêncio. Serei o advogado desse silêncio.
***
O amor amplia o horror da morte.
***
Todo herói acaba chato.
***
Medo. Tem-se. Mas não se deixa ele mandar na gente.
***
Morte. Não estou pronto agora, mas, se ela chegar agora, estou pronto.
***
Homem sou: e um bom pedaço do que é humano me é alheio.
***
Mandamento marginal: não tirar ninguém de seu engano.
***
**** *** ****

APANHADAS NO CHÃO

– De um amigo meu, no bar: “Trabalho tanto que não tenho tempo para nada; à noite, bebo um pouco para lembrar as minhas mágoas.”

***
– De um vendedor de cinzeiros de barro em Belém: “Se eu escrever [cinzeiro]com C, em vez de S, ninguém vai comprar.”
***
– De um conhecido meu, quando lhe disse que certo homem público, embora de poucas luzes, era grave e honesto: “O jumento também é grave e honesto.”
***
– Do mais preto, passando por mim, quando o menos preto lhe disse que ele só pensava em mulher: “Ué, pensar então em quê?”
***
– De uma expressão mineira: “Fala mais que pobre na chuva.”
***
– Do finado Humphrey Bogart: “Um homem está sempre duas doses abaixo do normal.”
***
– De um forjador de provérbios: “Caranguejo idoso pensa muito e brinca pouco.”
***
– De um velhinho, ante o ar conjectural do caixeiro, quando pediu na livraria um manual sobre limitação de filhos: “Não é para mim; é para papai.”
***
– Do matuto para o médico: “Foi tiro e queda, doutor: a pílula desceu e parou direitinho na casa da dor.”
***
– De um velho do interior ao provar soda pela primeira vez: “Tem um gostim de pé dormente.”
***
– De Jaime Ovalle: “O importante não é saber se a pessoa gosta de uísque, mas se o uísque gosta da pessoa.”
***
– De Camilo Paraguassu, em um poema: “Vista de Paquetá, a lua é linda.”
***
– De Garrincha, muito absorto, meio segundo antes de ser dada a saída no jogo do Brasil com o selecionado soviético em 1958: “Olha ali, Nilton, aquele bandeirinha é a cara de seu Carlito…”
***
– Do mesmo, contando ao colega onde comprara uma gravata (Roma): “Foi naquela cidade onde seu Zezé deu um tombo no vestiário.
***
– Do mesmo para um companheiro de pelada: “Quer parar de driblar!”
***
– De “Osvaldo Cabeça de Ovo, no dia em que seu time de areia perdia de cinco a zero: “Arrecui os arfe para invitar a catastre.”
***
– Do treinador, também de praia, Trindade: “A missão do centrefór é atrapaiar os beque.”
***
– De um outro treinador para o goleiro: “Carambolou, arreia.”
***
– De um torcedor a meu lado, vendo uma jogada magistral do enciclopédia Nilton Santos, errando, paroxismado, na tônica: “Dá-lhe, catédra!”
***
– De Graciliano Ramos, quando ouviu pela primeira vez um rouxinol: “Eta passarinho chato!”
***
– Do cabo Firmino, na revolução de 30, promovido pelo comandante da Força Pública Mineira, por ato de bravura em batismo de fogo: “Uai, seu coronel, tava pensando que era manobra.”
***
– De Hemingway sobre a famosa modelo Kiki de Montparnasse: “A única mulher que nunca dormiu em sua própria cama.”
***
– De um estudante para mim: “Escritor é o Euclides! Olha só: O sertanejo é — vírgula! — antes de tudo — vírgula! — um forte — ponto!”

Paulo Mendes Campos (1922-1991)- De um caderno cinzento — Apanhadas no chão – Ed. Civilização Brasileira, Rio de Janeiro,1969

**** *** ****

Prestem atenção em todas, mas reparem a do “nosso” Graciliano;-)

Este post – no qual, reconheço não ter mérito algum, a não ser o carinho da escolha, é para todos, mas mui especialmente, um regalo para o meu Queridíssimo PAULO CUNHA PORTO, um Cavalheiro. Cavaleiro da Ordem da Jarreteira e dos Corsets . Honni soit…:-). Parabéns e Felicidade, all my best wishes pelo seu aniversário . Um bocadinho chateada pois ele está tomando de assalto os corações das meninas brasileiras. Que o digam Marie e Maríla;-).
Obrigada, imenso, pelos dardos! Você é simplesmente *o* MÁC-SI-MO!!!:-)

Meu presente musical .. ai, ai, vc não gosta de música brasileira, mas vou arriscar esta:

DIGA…

“…Você me abre seus braços
e a gente faz um país.”

Parabéns!

=-=-=-=-
P.S. irresistível: João = a perfeição existe.

Para a Fal, a mais amada, parabéns para minha sistah quilida…

A deusa italiana é a Fal. Clique em link ali embaixo
Queridos, este é o único post para o qual eu não desejo comentários (tá bom se quiserem…né? deixem, mas só para dizer que sim!
E apôs … todos chispando lá pro site da Falzinha! Minha flawless flower!
Minha linda deusa italiana, eu sou apenas a sua serva muy leal , salve, salve, ó idolatrada.
E duvido que alguém discorde: a humanidade ainda precisa elevar-se muito para chegar perto do que é essa mulher no quesito, agora sim a palavra em seu sentido real, generosidade, doação intensa, ausência de retaliação, além de ser escritora com um dos textos mais preciosos que conheço (e olha que pouquíssimas coisas tenho feito nessa vida além de ler (ok…tá bom, ainda faço outras traquinagens, por certo)

É isso: talento, inteligência, senso de humor, wit (que não são a mesma coisa) e uma incrível compassividade e altivez para entender o ser humano sem pedir explicações. Porque ela é sábia.

E porque entende que muitas vezes a raiva que se tem dos outros provém da raiva que se tem por si mesmo… eu acho, né?

Mas ela, simplesmente é ela. Vão por mim, quem não quer ser amiga da Fal?

Fal, quilida maninha, eu te aaaaammmmmooooo!!!!!!!!!!! Parabéns pra você!
Parabéns! E é como disse a você pelo telefone…*TODO* mundo só quer que você seja feliz.
Minha deusa… trago-te em meu já andado coração. E como sou feliz por isso. Aliás, como você bem, sabe, a Dona Elisa é feliz por isso!
Agora, gente, quando forem lá no LV da Fal, pros neófitos, aquela instituição e agremiação chamada Livro de Vistas da Fal… cuidado, meninas, não sejam umas batráquias desavergonhadas (*): o Rui é meu;-))))))

Meus 5 leitores, aviem-se…. Depêchez-vous!

‘Batráquias desavergonhadas‘ – expressão absolutamente genial inventada por quem mesmo?..Ora, façam um esforço hohoho

E também cozinha que é uma tentação enlouquecedora e diz a lenda que foi ela primeiro que qaundo fez um prato com siris, disse assim depois de comê-los: Esses siris, em verdade vos digo, não morreram em vão… diz a lenda!

Ou seja ela é profissional no ramo de matar todos nós de shakespeariana inveja.

=====

P.S. UPDATE NECESSÁRIO: Por um enorme equívoco este post depois de publicado foi despublicado. Peço imensas e sinceras e humildes desculpas. O que sempre faço quando erro.

Pensando e avaliando melhor, o post está sendo republicado definitivamente. For good!.

Te amo, Fal.

Pessoas queridas, por favor não se sintam menos queridas, acontece que a Fal é especialíssima.

KIM, minha bruxinha preferida, parabéns! (E mais um blog im-per-dí-vel)

Hoje, 13 de fevereiro, é aniversário de Kim Novak (OK, sei que vocês gostam de Vertigo, do corpo que cai, etcterrá, não é?. Bom, eu também… não fosse eu hichcockiana de papo amarelo (é assim que se diz, aqui na minha terra, não me perguntem por que, porque eu não sei hohoho)
kimporcel
mas gosto ainda mais dela como a bruxinha comandando os ‘intermediários’ em Bell, Book and Candle – (Sortilégio de Amor )- u-ma de-lí-ci-a!. Ela não está lindissima? E tem ainda James Stewart, o maravilhoso Jack Lemmon e.. taí, Elsa Lanchester;-). Vo c~e não viu? Oh que dor…Tadim, mas tem jeito: locadora!.

kimcm.jpg
essa aqui que não sei de que filme é mas está lindona fazendo caras e bocas, é ou não é?, diz aí!:
O nome dela era, segundo disse um amigo meu, Marilyn (veja só) aí – et pour cause – ela mudou para… claro, Kim Novak, simples, tudo a ver, né?;-) Mas acho uma bela trívia. Olha só, como meu amigo me falou:

“…a Kim Novak foi “descoberta” após vencer um concurso pra posar de Miss Frigidaire; o nome verdadeiro é Marilyn, mas como a Norma Jean já tinha virado Marilyn a Marilyn virou Kim (Hollywood é um lugar muito, muito estranho…); e é loura de farmácia.pisc* isso da loirice da loura, é ele que diz, eu não sei de nada;-))) só estou transcrevendo, e com autorização;-) Meus amigos são ou não são um barato?. (Obrigada, amigo)—;-)

e claro adoro a Kim de Picnic:
picnic1.jpg
Gente eu amo esse filme, por tu-u-d-o! Ela está lindíssima, o William Holden, está velhíssimo, não tão Golden Boy, mas… tá bem, também. A luz e a fotografia não podiam ser mais bem escolhidas, sendo o diretor o grande Joshua Logan…. agora, quem rouba o show, pra mim, é a Rosalind Russell, IMSSHO. Confiram.

E qualquer coisa, leiam sempre este site que eu vou dar de presente ;-) para vocês: É o CINEMA RETRÔ. É aí que vejo coisas do arco da… ih! do tempo do Império.

Pra terminar, como existem coisas que vocês vêem (ou não vêem) em qualquer lugar, mas vêem primeiro no Sub Rosa, hohoho, eu num pool de reportagem, resolvi publicar aqui;-) É uma coisa linda de horror kitsch.
Para prestigiar meu amigo Sandro Fortunato do site Memória Viva:

kim_novak_horror_kitsch.jpg

A bela Kim veio ao Brasil e fez umas estrepolias (sp?)estripulias – como se escreve?. Parece que foi de festa de rua e de salão, se acabando com o reco-reco na mão… bem ela fez e parece que foi sob o patrocínio de Nonô, ou para os menos íntimos Juscelino Kubitscheck, o homem era fuego! Hihihi.
veja/leia aqui:

A-há, pensavam o quê;-)? O Sandro Fortunato digitalizou todinha (eu acho que toda) a revista O CRUZEIRO. Quer mais?

=-=-=-

CODA :

Duas coisas importantes:.
Caso eu não venha por aqui por esses dois dias, deixo um blog re-co-men-da-dís-si-mo :

Palavra de Pantera da poetisa ZOE de CAMARIS.

Zoe, amo sua terra, o Paraná e em especial, Curitiba, onde tenho muitos amigos, e algumas cidades do inteirior: sou apaixanada pela Lapa, onde fica a Fazenda Margarida.
Para você que compartilha comigo a paixão pelo poeta Marin Sorescu, eu deixo esse lembrete de Keats. Talvez seja por isso que amemos a Poesia, esse País do Assombro e todas as suas adjacências:

“A poesia nos deve surpreender pelo seu delicado excesso e não porque é diferente. Os versos devem tocar nosso próximo, como se ele tivesse lembrado algo que nas noites dos tempos já conhecia em seu coração. A beleza de um poema não está na capacidade que ele tem de deixar o leitor contente. A poesia é sempre uma surpresa, capaz de nos tirar a respiração por alguns momentos. Ela deve permanecer em nossas vidas como o pôr-do-sol: Algo milagroso e natural ao mesmo tempo.” Keats (1795 – 1821) – (publicado em Sub Rosa v.1 – outubro de 2001.
****
Um beijo a todos. Um especial (sempre) para minha querida Cat e outro também especialíssimo, para Vivina Assis Viana, minha ídala. Leiam este post da minha querida Aninha Pontes. Está o fino do fino e as dua merecem.
******

*
*
*

ΩΩΩ
Agora, a música é presente para Kim, mas amanhã é o Valentine’s Day, então vai para todos os amigos: a outstanding Julie London:

Happy DBirthday! Elvis e nós estamos vivos!(Updated)

bowie_happybirthday.jpg


Ele é o MÁXIMO. Ele merece! ;-)

Volto logo.
E deixo para todos, mas como um carinho especial para a minha querida Lady Alma :

Um upgrade(?) do comment (esta era uma prática que se usava fazer nos primórdios dos blogs: um comentário tão *sensas* que valia a pena vir para o post. Hoje faço menos ou não faço porque os comments são todos maravilhosos. Este porém…)

Não gosto de ser figura carimbada, amolando, toda hora. Mas isso é feitiço!
Quem justo quer matar os anos 70, esfaquear, esmigalhar. Cozinho em fogo brando uma senhora de pose. Não quero mais esse sentir ! Vivaldi no máximo, por favor. Bowie dói de sangue escorrendo, azul.Que corda do coração ele incendeia? Que olho de bola de cristal onde nadam formas intensas, febris, que tristeza de morte furando a vida? Que me fez quebrar a casca e cair no abismo? Onde jazo cegando o chão que talvez um dia, com o cajado? Não! A senhora que me invento não ouve Bowie. É um perigo de foice arrebentando ossos, espalhando tudo no céu.
Faz isso não
.”

Rose Marinho Prado.
====
Hoje é aniversário de Elvis. Obrigada Claudio; É que hoje vou saindo pra dois médicos (eta vida! tanta coisa boa pra fazer! tsc…tsc…). Enquanto não volto fica aqui.
73th_happy_birthay_elvis.jpg

Desculpem, está horrível, mas tenho que ir…

Leia aqui:
Feliz Aniversário, Elvis.

Fã-clube no Brasil
Isso aqui está muito lindinho. Obrigada.
-=-=-=-=-
FEVER