Esperando, esperando …

4 indicações.

(Amanhã, finalmente, o dia 16 . A consulta.  Quem sabe, sabe… e quem puder, torça por mim)

Esquanto ‘seu”  OSCAR®-83th. não vem, deixo aqui uma das maiores atrizes do  star system. Teve 4 indicações ao Oscar e não levou nenhuma. Numa delas, pelo filme Double Indemnity [1944 – by Billy Wilder, o magnífico]. Perdeu para Ingrid Bergman. Injustamente, diga-se. Em que pese, Ingrid seja  sublime.

Recebeu, no final da vida,  um daqueles prêmios de consolação pelo .. conjunto da obra. Veja aqui.

*****
Deixo também,  uma frase – meio esquisita e arrevesada, que encontrei hoje, em algum lugar da rede:
‘Não escrevo meu perfil porque encaro a vida de costas.’

beijos e obrigada pela torcida.

***

Só um reparo, como o Oscar® é mesmo ou  tal “caixa de surpresas” ou caixa de surpresa nenhuma, não vou dar palpite, vou apenas dizer , por enquanto, os que eu prefiro que ganhem ou quais opções me deixariam feliz. De modo nenhum significa que é o que acho melhor. É, simplesmente, o que de mais eu gosto.

Seguinte: Filme e Atores: Bravura Indômita ou  O Vencedor (nada de Cisne Negro – Darren Aronofsky já fez melhor com Mickey Rourke – nem de Discurso do Rei, que é filme bom, mas só pra gente ver o Colin Firth ganhar ou perder pro Christian Bale, vá lá) .
Querendo Deus:-) ou Melissa Leo (ou claro, esta sim,) Hailee Steinfeld, a garota de True Grit.  Já Natalie Portman não está e nem esteve jamais em meu altar, logo… Não deu pra entender? Sorry…

****

É só, por enquanto, e veja o seu Oscar® aqui: Você pode escolher, votar (de brincadeirinha, claro) e ter acesso a tudo, tu-di-nho, do Golden and Bald Boy.

Até a(à ?) volta.

Sobre sub rosa
The most of all things and persons in the entire world drives me *flabbergasted". That includes me.

30 Responses to Esperando, esperando …

  1. Magaly disse:

    Ah! Assim, todo mundo acerta, mas eu a reconheci antes de ver o rabinho do gato escondido. Ou é mesmo uma pegadinha? Sempre achei o rosto da Barbara Stanwick inconfundível. Não que veja beleza esplendorosa nela.Uma atriz de muitas qualidades com uma obra merecedora de homenagem, sim.
    Que filme vc acha que vai levar o Oscar? Dentre os indicados, você torce por qual? Eu só vi Cisne Negro, belo, impressionante, opressivo, deslumbrante a um só tempo.

    • sub rosa disse:

      Ahá, Maga, então eu atualizei o post, duas vezes, uma delas deixando pista da Barbara, não é?
      É, justo ela, que tem atuações fantásticas.
      Nos filmes de Frank Capra. Só pra citar um gende exemplo? Stella Dallas – o Gilberto Braga, cinéfilo que só ele, fez novela se baseando -generalizadamente – na história e, claro, na interpeetação dela. Assim, como Vale Tudo se baseia vagamente, na história de um filme de Joan Crawford, depois vejo qual é:-)

      Gente, pra não ir mais muito longe, ela trabalhou com Fritz Lang, ixii, isso não é pra qualquer.
      Por isso, concordo com vc, não foi a beleza que me fez escolher a foto dela, foi mesmo o talento diversificado e queria puxar uma pontinha pra essas coisas que a gente a-do-ra falar (mal) a respeito do Oscar:-)

      E falndo nisso, já escrevi, agora, o que vc me pergunta.
      Estamos sintonizadas:-)
      bjs, minha flor.

      • sub rosa disse:

        Puxa, Maga, só agora, depois da consulta pude vir aqui. Só agora entendi que a foto (Oh My Gosh!) já tinha uma legenda com o nome da Barbara. Cada vez mais eu penso, que este blog é um relato de passagem, um testemunho da minha bocozice… Vou deixar isso pra posteridade hohoho!

  2. Magaly disse:

    Voltei para deixar este link pra você, Meg, da Barbara Stanwick sendo premiada

    • sub rosa disse:

      Ar-ra-sou!!!!!!! Nunca que eu ia advinhar quem apresentou:-)
      Wow!!!!! Te-re-za!
      Como diria o adorável Francisco Torrão, da novela TiTiTi, essa foi redondamente!

  3. Tereza disse:

    Meg, sumidíssima! Saudades!
    Sabe que me lembro de ter visto apenas um único filme com Barbara Stanwyck? Uma Vida por Um Fio. Inesquecível.Vi em VHS. Fui lá no Google ler sobre a filmografia dela, e o filme é de 1948. Atuação excelente , indicada para o Oscar, mas perdeu.

    Sei muito pouco sobre os filmes indicados ao Oscar.
    Li um pouco mais sobre Cisne Negro, mas não vi.
    Enfim, não vou torcer por ninguém:)
    Beijos.

    • sub rosa disse:

      Tereza, vou dizer uma coisa constrangedora:-)
      Geralmente, faço o percurso contrário: primeiro veo o scar e depois asssito os filmes.
      Hahahah!
      Pronto, manchei minha reputação ever and for ever :-)).
      Mas *sempre* torço pelos meus queridos. Sofro se Clint Eastwood não está indicado, por ex, porque ele é um caso único, de quem a cada ano que passa, a cada dia, eu diria, ele está melhor e com uma concepção de vida e visão de mundo mais rica e realmente *faz* coisas ótimas.

      Vou torcer pelos patinhos feios, conforme apontei, aí em cima.
      E mais: tenho um crítico , amigo meu em quem confio to-tal-men-te. Um dia vou socializar as sessões em que ele me indica filmes para eu pedir na minha locadora
      Ahá!
      beijos, querida e tenha sogni d’oro!

  4. Tereza disse:

    Eu vi alguns filmes com a Natalie Portman
    e não consigo me lembrar dela? De nenhuma cena.
    Definitivamente não faz parte do meu altar, haha.
    bjs.

    • sub rosa disse:

      Hahahah! digo eu:-)

      Eu, infelizmente, lembro, lembranças nada boas:-)
      Closer, por exemplo, naquele personagem unbelievable!

      Quer saber? prefiro a Wynona Ryder.

  5. sub rosa disse:

    Queridas, sumida mesmo.
    Vejam só como estou: eu, antes de sair hoje, no nervosismo pré-consulta médica, atualizei o post (atualizei, modo de dizer, eu escrevi algumas coisinhas mais, achando assim, as meninas vão ler e não vão entender nadica de nada).
    ****
    Voltei agora, e vi que vocês escreveram sem que o post tivesse sido atualizado. Escrevi e esqueci de publicar… Foi isso, não foi?
    Se não foi esqueçam:-)
    Vou responder agora, pois ‘baixou de frente” a insone de plantão (nada no mundo me faz dormir na véspera de consultas).
    Só pra desabafar nesse nosso cantinho: como vcs sabem, a indigitada aqui sofre de asma. Então, antes de uma crise o pulmão se fecha e a gente acha que ou vai se acabar *OU* o mundo vai se acabar. O que for pior hohoho.
    Bem, aí vem a idolatrada , salve, salve, bombinha, com o Forasecq ou o Symbitrol (espero que não seja de mau gosto escrever isto, a intenção é “banalizar” doença e remédios, de resto tão comum…) . Pois bem, assim que se aspira, aí vem toda a diferença do mundo: o pulmão se abre, o ar volta, e podemos aspirar e expirar como qualquer filho de Deus! É , realmente, toda a singular, única e inexorável diferença, como no poema do Robert Frost.
    ***
    Salve o prazer, salve o prazer.
    ***
    Tereza, In treatment volta a passar no dia 21!
    Claro que vc já deve saber.
    Em todo caso, leia aqui, link óbvio:

    http://veja.abril.com.br/blog/temporadas/series-anos-2000-2009/a-terceira-temporada-de-in-treatment/
    bjs

  6. Tereza disse:

    Meg, eu deixei para você no outro post sobre In Treatment, acho que você não viu.Mas é ótimo, não é?
    Obrigada pelo link.
    Se a Bárbara Stanwyck trabalhou com Frank Kapra (adoro) e com Fritz Lang eu quero ver, se conseguir os filmes.
    Eu não vi Closer, li sobre o filme e não gostei. E os atores, não gosto deles.
    Mas fui lá na filmografia da Natalie, e os que vi, já não me lembro deles, ou quando me lembro não me lembro dela:))
    Meg, eu gosto da Winona Ryder, é o caso de shame on me?
    bjs.

    • sub rosa disse:

      Pois é, Tereza. releve esses “descuidos”: eu acabei “dando a você a notícia que você própria me deu… Não é o que eu digo?, meu blog me condena:-).
      São meus cuidados…:-)
      Sim, a Barbara fez uma série de filmes dele, com Gary Cooper , Adorável Vagabundo, por ex. e outros que nessa altura vc já deve saber quais são. Não perca Bola de Fogo, é absolutamente adorável. Vi muitos filmes dela na Sessão da Tarde, mas o melhor dela, só vim conhecer muito, muito tempo depois, que é o noir mais cult entre todos, o Pacto de Sangue. Putz, esse filme…
      -=-=
      Agora, duas coisas: 1- vc não perde nada – ao contrário, é o caso de não perder e ainda sair ganhando – se não vir Closer. Um equívoco muito grande.
      2- Wynona Ryder é, simplesmente, o má-xi-mo! Ela é muito boa atriz. Os filmes dela estão aí para provar isso. Nem vou destacar qualquer um deles, mas a Era ou Idade da Inocência, do Scorsese… já dá pra honrar sua biografia . Infelizmente, o que aconteceu com ela merece um “estudo de caso”; ou seja, o cinema é business permissivo, por definição, certo? Não no caso dela. Algo que podia ser facilmente esquecido, “perdoado”, se tornado um item a mais na biografia, como em tantos outros casos – não é que Hollywood *adora* perdoar? pois então?- foi, ao contrário transformado em uma stain, uma mancha que a tornou irreabilitável. É incrível que um caso de roubo, furto (doloso ou não) tenha deixado uma punição social maior que um caso de assassinato, de crime de abuso sexual ou whatever… Go figure! Dá pra se pensar.
      Foi em 2002, eu me lembro de que no subrosinha eu publiquei um post com uma camiseta preta com a “legenda” Free Winona!. Mas não imaginava que oito anos depois…
      Esse caso me dá medo! Eu posso imaginar o que é isso, ou eu – apesar de tudo – *não* posso imaginar o que seja isso. Nunca foi esquecido, tudo lhe foi subtraído, sobreveio uma “morte artística”, ou pior, o esquecimento…sei lá, essa gente que julga, que condena , que atribui uma sentença, dá o veredicto e aplica a pena. Tô fora, Tereza, tenho medo.
      E aí, nunca mais, um bom papel.
      Por isso , torço muito, mas muito por ela. Sobretudo, por ela ser uma atriz muito, mas muito boa.

  7. Tereza disse:

    Eu também vejo o Oscar e depois assisto os filmes:) Nem sempre os premiados:)
    Concordo tanto com o que você disse sobre o Clint. É incrível como ele fica a cada dia melhor.Eu admiro
    a concepção de vida e visão de mundo dele.Admiro o ator, diretor. E gosto da trilha sonora de Gran torino, que ele compôs com Jamie cullum:”your world is nothing more than all the tiny things you’ve left behind”.
    Se você é fã dele deve ter a música.Vou deixá-la aqui:

    • sub rosa disse:

      Tocante, maravilha de presente, Tereza, nada podia me deixar mais feliz após esses dias de uma certa angústia.
      Eu tenho uma amiga muito querida, Cat Miron, que “descobriu” pra mim – que havia CD’s gravados pelo Clint. E não me refiro aos documentários sobre música, sobre jazz, e sua bela produção como compositor. Não posso esquecer que ela é que me fez conhecer mais esse lado do Clint Eastwood. Uma das personalidades mais grandiosas e admiráveis da história do cinema, da cultura cinematográfica do século passado que, ainda bem, persiste até agora. Ele é , além de tudo mais, exemplo de vida. De fato, não há o que eu possa dizer mais e sempre a respeito dele.
      Tomara que todo mundo descubra isso, ainda agora.

  8. Tereza disse:

    Desculpe, Meg. Melhor apagar, não é?

    • sub rosa disse:

      What?! Claro que não!
      Não apago nada, o Sub Rosa é o blog mais rico da história toda da Internet:-) muitos me escrevem dizendo isso:-) Oscar de melhor caixa de comentários hohoho! yep!
      bjs

  9. Magaly disse:

    Não consegui voltar, Meg, embolada em consultas (de rotina), exames (tb de rotina), rotina de casa; assediada pelo calor deste verão de dias magníficos, mas de quentura insuportável que consome as forças da gente. Não me ouça, não devo reclamar. Agora quero saber da consulta, se você se identificou com o médico, que perspectivas gerou a visita. Fico aqui torcendo por você. Bye.

  10. Tereza disse:

    Ah Meg, não sabia que você gostava da Winona Ryder. Daí o shame on me que eu escrevi, pensei que você não achava que ela fosse uma atriz excelente.Eu gosto muito dela.Vi A Idade da Inocência, adoro! Não perco filmes de Scorcese .
    E concordo com tudo que você disse sobre a crueldade que fizeram com a Winona. É tanta hipocrisia! Eu lamento muito o que fizeram com ela.
    Quanto ao Clint, não conheço outras composições dele. Vou procurar. Gostei tanto do que você disse sobre o Clint. É exatamente o que penso dele. Uma pessoa admirável.Você já fez um post sobre o Clint?
    Se já fez eu quero ler:)
    Espero que esteja tudo bem com você.
    Beijos para você e Magaly.

  11. sub rosa disse:

    Ah! eu gosto, sim, muito. Aliás, tinha até motivo pra não gostar: ela tinha o amor do Johnny Depp:-), (brincadeirinha, mas ô casal grunge, eitcha!).
    Falando sério, foi outro campo em que Wynona parece que não se saiu muito bem, ou então *t-o-d-o-s* são discretíssimos – inclusive a imprensa – a respeito: sua relação com Depp.
    *****
    Quanto ao Clint , escrevi bastante e escrevi muita besteria também, sou apaixonada por ele:-)
    Vc coloca ali em cima, no mecanismo de busca.
    Vai ter muita coisa, porque eu vivo falando dele.
    *****
    Por falar nisso, Tereza, queria escrever um post sobre as frases, as *quotes* do Millôr Fernandes, não sei se seria apropriado. Você está acompanhando as notícias sobre ele?
    beijos, querida e obrigada pelos votos.
    *****

  12. Tereza disse:

    Adoro o Johny Depp, se fosse adolescente teria posteres dele no meu quarto:))

    Sobre o Millor, tenho acompanhado as notícias. Que pena:( Eu acho que seria apropriado sim, Meg, mas
    confesso que não entendo nada disso.

    Vou ler os seus arquivos sobre o Clint.
    Já faz algum tempo, li o seu post sobre a Simone de Beauvoir e adorei! Os comentários também estão ótimos.Foi uma escritora importante na minha juventude.Não li O Segundo Sexo, que achei chatíssimo, mas os livros autobiográficos ( que me marcaram)e A Convidada.Depois li outros.
    Quero ler todo o seu arquivo, devagar.
    Beijos, querida.Obrigada.

  13. Tereza disse:

    Corrigindo: Johnny Depp e do outro comentário Scorsese.

  14. sub rosa disse:

    :-)))

    Imagine, Tereza, que coincidência: há poucos dias recebi a visita de uma educadora, lá no outro blog, falando extamente sobre esse post do centenário da Simone de Beauvoir.
    Foi aqui .No mês de janeiro… de 2008

    http://subrosa3.wordpress.com/2008/01/
    ****
    Mas, eu relendo, agora, acho tudo meio confuso.
    ****
    Eu é que agradeço e amanhã vou providenciar alguma coisa:-0)

  15. sub rosa disse:

    Dê uma olhadinha aqui, tem coisas do Johnny Depp e da nossa querida…

    MagalY_swell

    bjs

  16. Tereza disse:

    Ah, que linda a Magaly! Tem sorriso tão doce. E é muito simpática.Vejo a Magaly como se fosse uma pessoa muito verdadeira.Gostei do olhar dela.

    Beijinhos para ela.

    E agora vou continuar a ver o johnny Depp:)

  17. Magaly disse:

    Ai, Teresa, obrigada, obrigada mesmo.
    Duas da matina e tenho um dia cheio amanhã. Por isso agradeço-lhe com tão poucas palavras.
    Você é uma simpatia, pessoa cativante e com muita coisa pra ensinar pra todo mundo. Um abraço gostoso.

  18. Tereza disse:

    Gostei de ler sobre o Clint.Você tem posts muito divertidos!
    Fui lá ver o Johnny Depp.Meo Deos, Johnny Depp é muito sexy, bonito, excêntrico e um ator muito versátil.Sabia que ele tinha uma tatuagem “Winona forever” que ele tirou quando eles terminaram? Sabia, não é, Meg? Eu não sabia:)))
    beijinhos.

    • sub rosa disse:

      Hahahaah!
      Meo Deos, mesmo, Tereza.
      Já ia saindo, quando li esse seu comment no Gmail, não resisti.
      Ele fez mesmo a tatuagem, que fofo, que coisa linda que maravilha é o amor…:-)

      Problema foi na hora em que resolveu tirar a tatoo, vc já deve ter lido, não é: Eu não lembro agora, mas acho que ele deixou Wine forever…

      E, coisa mais linda, ele foi uma dos melhores amigos do River Phoenix.

      ****
      Eta, que a prosa aqui vai muito longe:-)
      Beijos, querida

  19. Tereza disse:

    Muito obrigada, Magaly:)
    Um abraço gostoso para você.
    Será que Meg ainda está acordada?
    Pelo visto, ninguém dorme cedo aqui:)))

  20. Tereza disse:

    Ah! Eu também já ia saindo quando vi seu comentário:)
    Wine forever? Se eu fosse a Vanessa Paradis eu ficava louca de ciúmes:))
    Você disse no comentário acima que tem outro blog?
    Como assim?
    beijos, querida.

%d blogueiros gostam disto: