World AIDS Day: December 1, 2010

*** *** ***
Today is World AIDS Day. Last year nearly ½ million babies were born with HIV. By 2015, that number could be zero. A possibility we can make a reality: Click.

*** *** ****
No Facebook.

***   ***   ***
Hoje é ‘o’ dia. Mas todo dia é dia.
Até 2015, uma possibilidade pode se tornar realidade.

***  *** ***

Aqui, mais  um link  sobre  a  estrela  e  sua hora.

Sobre sub rosa
The most of all things and persons in the entire world drives me *flabbergasted". That includes me.

5 Responses to World AIDS Day: December 1, 2010

  1. Rose says:

    tenho uma história bonita – triste- dum aluno querido que morreu em 1995. Ele tinha Aids e eu não queria ver isso. E fez aula até os últimos dias de vida. Depois a gente – eu e ele – fingia que havia necessidade de aula – não , mais …Vou escrever lá na minha casa, o blog. Hoje o tempo está curto.

    • sub rosa says:

      por que não contou a história, Rose. Fui lá no seu blog. Havia muitos posts mas vou ler todos.
      um beijo

      • sub rosa says:

        eu também tenho história de um aluno meu, mas é uma história sufocante, nem vale a pena ser contada aqui, era no tempo da brabeza, não havia condescendencia e nem podia se culpar que quer que fosse. Morria muitas pessoas, as pessoas amadas e queridas. Num outro plano, morriam as celebridades, era dificil aceitar.
        Eu escrevi um longo artigo a respeito.
        Foi muito duro, ainda é, embora as circunstâncias sejam outras.
        um beijo

  2. Magaly says:

    São tantas as histórias de distanciamento impostas pelo medo da contaminação, pela ignorância, ou seja, pelo preconceito! Esse vírus avassalador deu lugar a histórias pungentes de isolamento, de abandono, rejeição. É raro quem não detém na memória algumas delas bem tristes e guardadas em locais diferenciados. Em verdade, até a memória tem face prconceituosa, discrimina, separa, isola.
    O preconceito é uma forma de julgamento com viés discriminatório, referente a pessoas ou locais que não são de nosso conhecimento. Vem da ignorãncia dos fatos, da falta de conhecimentos científicos.
    Muita cabeça pensante expressou-se a respeito do preconceito. Algumas citações vão nos ajudar a refletir melhor sobre essa falha do comportamento humano:

    “Peconceito é o filho da ignorância”. (Wlliam Hazlitt). A propósito, podemos juntar a opinião de Paulo Francis a repeito da ignorância: “A ignorãncia é a maior multinacional do mundo”.

    “ Preconceito é uma opiniaão sem julgamento” “Preconceitos são o bom senso dos pouco inteligentes” (Voltaire)

    “Vivemos num mundo em que é mais fácil quebrar um átomo do que um preconceito” (Albert Einstein)
    “Os preconceitos têm mais raízes do que os princípios.” (Nicolau Maquiavel)
    Enquanto a cor da pele dos homens valer mais do que o brilho dos olhos, sempre haverá guerra.” ( Bob Marley, na música “War”)

  3. sub rosa says:

    Olhe, olhe só, Maga, essa citação do Einstein é perfeita em sua desolação.
    As outras, todas, são excelentes.
    Mas, como eu já disse acima e no link da Sandra Bréa; preconceito é virus cuja força nunca pode ser subestimada.
    obrigada, querida.
    um beijo. desculpe a demora em responder, depois explico a você, o que aliás , você já imagina.

%d blogueiros gostam disto: