INCOMPLETO(S) – Updated

… em verdade, sempre será conto, aquilo que seu autor batizou com o nome de conto.”
Mario de Andrade. in “Contos e contistas”.

Não sei se alguém vai se interessar, mas é que fui fazer a, digamos, apreciação de um livro, do qual ouvi/ouli coisas espantosas….

Aí todos já sabem: assim que comecei a ler o livro, fiz  uma grande “viagem para as Ilhas Polinésicas”, (os que sabem, sabem) e agora o bendito do livro não me deixa em paz.
Falar por falar, eu podia. Parece que sei escrever um pouquinho.
O caso é que o danado do livro é muito mais do que é,  e mais ainda do que  parece ser. Mais do que ouvi escrito;-) e, em alguns casos, em direção oposta. O que não é mau, muito pelo contrário. Só mostra as inúmeras possiblidades que o  livro tem de *ser”.
E como todos sabem, eu – embora ache que *TUDO É INCOMPLETO* – diante de um livro desses,preciso saber mais, ir mais além. E se for para falar dele, qualquer coisa que seja, ou dependendo dos inúmeros aspectos que o livro  apresente e se ofereça, às vezes em entrega só aparente, eu tenho que dizer: aguardem, mas… leiam logo o seu, a 1ª edição já esgotou e agora só tem essa edição, em formato pocket book. A que me coube.
Mas também para que não fiquem esperando tanto (pelo menos, não  taaanto) de mim, bem entendido, o livro é sempre mais do que se espera, ficam logo algumas coisas interessantes que tive de ler e ouvir, além do livro.
E que partilho (não quero roubar de) com vocês.

capa do livro na forma pocket book

SERVIÇO:
Autor: Albano Martins Ribeiro
Título: INCOMPLETOS:
-Contos (quase) eróticos
Ano: 2008
Ilustração: Eduardo Schaal

Edição Os Viralata (2ª)/ 100 p.

Não liguem muito pra esse “quase” eróticos. Na minha opinião, é claro.

Links correlatos:
Laboratório da Leitura – ouçam, em especial, a parte sobre literatura independente –  e me digam.

E vejam só quem é a entidade que escreveu o livro: o AUTOR! o AUTOR!
Aqui- no
Site do Autor

E o blog do Autor.

Pois é, vão por mim. E  tchau.

Disclaimer to myself: Pode ser que eu “me” ameaçanndo assim, não escreva ou me impeça de escrever uma tese sobre conto, narrativa, fluxo de consciência, conto breve, monólogo interior etc etc.. E diga simplesmente por que acho que o livro é muito bom. [E que o excelente é que é o inimigo do bom;-), viu Albano?]

E impeça, principalmente, que eu  queira compará-lo a Julio Cortázar ou a algum outro escritor. O Albano não lembra ninguém, ele já tem uma escrita que é a sua  identidade própria como escritor.
Agora, vem cá: Por favor, nada contra quem vê similitudes, ou influências, ou ressonâncias de um outro autor. E falo isso porque li esse ponto de vista em resenhas feitas por pessoas  cuja opinião respeito muito. E isso não é mau. Reflete, como já disse a riqueza da fortuna crítica do danado desse livro;-)))

Um beijo a todos.

E não me aguardem. Vão lá na página do Projeto relacionado à Literatura Independente Os Viralata, um projeto fantástico de bom, vejam tudo. Ou escrevam pra ele.

Smacks, babes.

Eu volto assim que clarear mais um pouco o “vale  das sombras” ou,  como diz a Cat, quando passar “A cinza das horas…”

♣  ♣  ♣

EM TEMPO: Recomendo fortemente a leitura deste artigo:

ESPECULAÇÕES, de Carlos Eduardo Martins.

Comentários  são bem-vindos.

Sobre sub rosa
The most of all things and persons in the entire world drives me *flabbergasted". That includes me.

11 Responses to INCOMPLETO(S) – Updated

  1. Me deu vontade de ler esse Incompletos com contos quase sexuais. ;) O jeito que escreveu sobre o livro me encantou. Um beijinho, Megleen, querida.

  2. ;-)))

    Ih, Marie, vc é mesmo uma saf…ops… uma danadinha;-)
    Mas não é só você… Imagine que uma criatura escreveu pra mim, tendo a *lata* de me dizer: Ih Meg, não vai estragar o livro com tuas teses acadêmicas. Tese faz mal ao tesã….
    Mas que safado!
    E tadinha de mim o((((
    Outra coisa é ver se é bom pagar no tal PagSeguro.
    Mas fique certa que um exemplar desses já é seu! Você vai gostar do *swirl*, Ms. Tourvel.
    E não se fala mais nisso.;-)))))
    beijos, querida
    Beijos, beijos, beijos.

  3. Branco Leone says:

    Até que a insônia, às vezes, traz boas surpresas. Cheguei aqui e – pumba! – encontrei este post. Muito obrigado Meg.
    Tese acadêmica pode, sim, estragar o livro, principalmente em dois casos: se o livro for ruim, ou a tese muito boa. Torço pela segunda opção.
    Sobre o PagSeguro, desencane. É empresa do UOL, não usa os dados fornecidos para nada, nem os repassa a ninguém. São quase dois anos de serviços muito bem prestados, tanto a mim quanto aos compradores do site. Mó limpeza.
    E, mais uma vez, obrigado pelo comentário. Adorei.

  4. Kleber says:

    Professora, eu também já comprei pelo PagSeguro, quanto a isso, não esquentem, tudo beleza.
    Mas, preu comprar o livro, vai ter que me dizer o que significa “quase” eróticos.
    Menos que eróticos a minha biblioteca não aceita hehehe

  5. Andreas Goldbuch says:

    Prefiro esperar tua crítica, recensão, oder was auch immer
    Esse lance de quase erótico é quase porn. o)

    Neben, gostei do artigo do Martins.
    tschüss!

  6. marilia says:

    Meg, dear.
    O livro me pareceu muito interessante, Assim como o blog do Leone, para o qual já adicionei um link, sem nem pedir permissão…
    Grande abraço cá de casa e digitando enrrolada num cobertor =)
    Fique bem.

    Marília

  7. Meg, querida,
    O meu primo Albano, digo Branco, é mesmo um grande escritor, e esse livro, já disse pra ele, tem contos muito bons. Você, pra variar, continua antenadíssima, com o gosto refinado de sempre.
    Beijo grande

  8. Ai, Megleen, não acredito que alguém se deu ao trabalho de dizer que sua tese faz mal ao t… Essa pessoa que vá acasalar em Quixeramobim, pois em Belém e São Paulo a gente vai bem, “obrigadas”. Linda, obrigada pelo exemplar, viu? Muitos beijos pra você. Adoro vê-la bem e afiada por aqui.

  9. av says:

    A mim este post abriu-me o apetite, por isso desminto categoricamente a tese de que faz mal… ao resto.
    Para já, abriu-me o apetite para o livro.
    Depois, on verra…

    Beijos, querida.
    A.

  10. Meg, o livro do Albano é muito, muito bom mesmo. E sua opinião é importante. Sei que ele como eu, também ficou muito satisfeito. Para quem escreve a opinião de uma pessoa como você, faz toda a diferença.
    Quase-erótico é muito legal. Dia desses entrei numa discussão sobre erótico/pornográfico. Claro que não chegamos a lugar nenhum.
    Boa semana,
    Beijo, menina

    ========
    Valter, ô Valter queridíssimo!
    Olhe só: eu estou aqui enroladíssima e meio xanhanhã (sabe como, né?) e por isso ainda não vim responder ao respeitável público leitor e escritor;-)))
    Imagine que ainda nem dei uma de exibida e metida mostrando o comentário do meu/nosso querido Ricardo, milord, Lord Broken-Pottery em que ele diz que gossssta, muito de mim – claro que eu vou fazer isso (magina se vou deixar de…) e dizer: CONHCERAM, PAPUDOS?!!! hahahaha!
    Mas você merece que eu pare tudo o que estou fazendo para responder seu comentário.
    Minino, mas não é? Essa coisa de erótico e pornográfico é uma boa sessão de discussão sobre o sexo dos anjos. Cê sabe disso, querido escritor.
    Imagine que eu sempre digo pros meus cada vez mais raros alunos, que foi um santo eremite que inventou o lance de Pornéia.;-)))
    Agora, esse “Contos quase eróticos” do Albano Martins Ribeiro, tá claro que é mais uma sacação das boas, imensa, do tamanho do talento dele. O cara escreve muuuuuuito bem, pensa tão bem quanto, fala com propriedade sobre coisas literárias (por enquanto as que li eram sobre isso, né?) é uma voz que imprime força e importância às questões debatidas.
    Enfim, olhando o Infernet, o que aconselho a todos, vendo os projetos etc etc… uh la la … ainda dá muito caldo escrever e escrever sobre literatura.

    =-=-=
    Valter, se entenda aí com os outros queridos, íssimos que comentaram e eu ainda não respondi, principalmente com a adorável Ana Vidal. Como é aquela expressão que você me ensinou: Me cubra, ou sei lá mais como é., enfim, diga que eu venho depois.
    Beeeeijos e…por você estar / voltar aqui: REJOICE!!!!!!!!!!!!!
    Beijos na Aninha, lindinha.
    Megzs

    P.S. E quando é que sai o MUro e também aquela coisa *suja e pesada* que vc tava prometendo?;-))) Já estão prontos?

  11. gugala says:

    O cara é bão, e completo.
    bjs

    ====
    É verdade, é verdade, querido, vc já saiu do túnel, por favor quando sair venha me dizer, que fico nelvosa…
    bjs nelvosos

%d blogueiros gostam disto: