Bom dia! “Sobre o telhado das árvores”

Sobre os Telhados das Árvores
Sobre o Telhado das Árvores, Ricardo Filho autografa

Que felicidade voltar quando algumas das pessoas de quem mais gosto estão … ahá … bombando;-)

O escritor Ricardo Filho, nosso querido Lord Broken-Pottery, lançou,  quando eu ainda estava fora, o belíssimo, delicado (e de excelente qualidade) livro Sobre o Telhado da Árvores.

Obviamente, pela riqueza da tessitura, pela trama tão belamente esparsa e livre, e pela delicadeza e inventividade da concepção, pela poesia, pela força incontrolável de manejar pensamentos, fazendo reviver partes de sua vida, amores  e lembranças em cores tão verdes quanto azuis como os cabelos de sua primeira grande  Lady, pretendo escrever algo sobre o livro.

Mas, enquanto não faço, sinceramente, acho que é dispensável, o livro é melhor que qualquer elogio ou crítica, podem ir se deliciando com esta resenha que achei outstanding!

Sobre o Telhado das Árvores, de Ricardo Filho.

Ah Comprem, façam-se esse favor,  façam esse favor a si próprios. O meu chegou ontem,  e é uma docilindura.
Ah! comprem. Livro é força de trabalho.
Acho lindo noite de autógrafos e como podem ver pela foto, – (aliás foto de DENIS ARAKIN, – e há muitas mais) a do nosso Lord , (ah teve menestrel, crianças , leitura interpretada e comentada com os meninos pequenos e grandes..ah! – ) como diria Kika Jordão, foi trans-lum-brante! – mas a trajetória de um livro excede e transcende a festa do dia da apresentação do rebento. Vai além.

SERVIÇO:

Sobre o telhado das árvores
Autor: Ricardo Filho
Editora: GLOBO
Ilustrações Rosinha Campos
Preço: R$ 21,50.

Já comprou o seu? Tá esperando o quê?;-))

♣ ♣ ♣ ♣ ♣

Bem, os outros tons ficam por conta da poeta, letrista , produtora e ufa!!!!… ela ainda é mais, é médica (não existe ex-médica que eu saiba;-)))), certo?,  Etel FROTA e já estamos fazendo entrevista. ;-) Demora um niquinho porque ela é ocupada e eu ainda farei mais duas ‘viagens’.

E, imagine, não é que o outro tom maior também é com uma maravilhosa poetisa, letrista, jornalista e que já “saiu” no Sub Rosa Times:-), vocês devem ter visto, mas a linda Aniuska  – Ana Vidalsó vive viajando é na Turquia, amanhã para Galápagos,  Edinbourgh,  Ilhas Gregas. Quando não está agenciando projetos, cuidado de publicidade e  marketing etc etc…

Aliás, não por isso, mas Ana Vidal, foi das pessoas que mais apoio me deu nesses dias. Ela merece, como todos  ser feliz, mas merece de meu coração, um sinceríssimo desejo de sucesso nesses e em todos os momentos de reequlíbrio de força. Salve, guerreira! A mais generosa de todas. Muito obrigada!

♣ ♣ ♣ ♣ ♣

É isso!. Que culpa tenho eu, de estar sempre assim, com a cabeça cheia de coisas lindas, projetos magníficos etc…;-))) o que, por si,não é nada…mas sempre rodeada de pessoas maravilhosas?

O que eu posso fazer? Só posso cantar como na música do Noel Rosa:

Já fui convidada
Para ser estrela do nosso cinema
Ser strela é bem fácil
Sair do Estácio … é que é…
O XIS do problema

Na verdade, queria cantar mesmo  era aquela música das Frenéticas.
hohoho…pisc*****

♣ ♣ ♣ ♣ ♣

Gente, é muito bom estar de volta. A ‘viagem’ foi longa, mas fez-me bem, obrigada pelo carinho no dia do meu aniversário.  (cliquem:-) E, pronto, a gente se fala.
Podia terminar o post aqui, mas… Ah! não posso sair sem dizer pelo menos duas coisinhas.

É verdade que o nosso Rosencrantz…. está na FLIP?!!!! Juram? Pois é… “Todomundo” já deve ser amigo íntimo do dramaturgo e conhecedor profundo da obra, desde criancinha.:-) Mas é bom. Melhor vir que não vir.

♣♣♣

Finalmente: Minha homenagem a Machado de Assis. Period.


“Gosto dos algarismos, porque não são de meias medidas nem de metáforas. Eles dizem as coisas pelo seu nome, às vezes um nome feio, mas não havendo outro, não o escolhem. São sinceros, francos, ingênuos. As letras fizeram-se para frases; o algarismo não tem frases, nem retórica.”

Machado de Assis “Histórias de 15 dias”, 15 de agosto de 1876. Crônicas.

♣♣♣

Bem, por favor, Célia, querida, não diga que eu voltei com força toda. Eu levei quase 4 dias pra fazer este post., mas chego lá;)****
Quem segura o porta-estandarte, tem arte, tem arte…

Clique para ouvir e me diga se ouviu, sim?

Sobre sub rosa
The most of all things and persons in the entire world drives me *flabbergasted". That includes me.

17 Responses to Bom dia! “Sobre o telhado das árvores”

  1. Nelsinho disse:

    Estar de volta já é, ´por si só, um acontecimento!
    Devagar se vai ao longe!

    Um beijinho de boas voltas…

    =-=-=-=-=-=-

    Ah! Nelsinho, querido.
    E devo muito a você por esse retorno.
    Aliás, devo a todos -como está registrado no comentário que deixei no post abaixo (o do Arreola) –
    que foram muito generosos comigo, vindo aqui, apesar de eu não poder fazer a recíproca.
    Mas tudo vale a pena quando o coração não é pequeno.
    Me perdoe(m) pela minha impossibilidade.
    Um beijo, Nelsinho e obrigada.

  2. profa red disse:

    Maravilha vê-la!

    Beijos

    Rose Mprado
    =-=-=-=-=-=

    Obrigada, Rose.
    Nem sei o que dizer.
    O coração sabe melhor.
    beijo

  3. Meg,
    Depois de um dia cansativo, encontrar com você aqui é um grande acontecimento!!!!
    Saudades de você.

    E que a força esteja contigo!!!!

    bj

    marilia

  4. Maravilhosa Marilia:
    Vamos matar essa saudade, querida.
    Eu estou com saudades de você, estou agradecida e , claro estou em falta com você.
    Mas você sabe, nas Ilhas Polinésicas não havia Correios e quando voltei, parece que está havendo paralisação de carteiros ou coisa parecida.
    Mas saiba que você está e esteve sempre em meu pensamento.
    E olhe por hoje, você já me fez ganhar o dia.

    Embora, ao ler os seus emails, vi o quanto você foi carinhosa, afetuosa, artigos que são raros no mercado, atualmente:o)))
    Não vamos deixar que isso se perca.
    Se algum dia houver algum gesto meu – ou que pareça meu e você não entender, não hesite: pergunte para mim, diretamente. Prometa, sim?
    Você é um doce e cronologicamente é minha mais recente amiga:-). Por isso faço esa recomendação
    Me aguarde,
    beijos, beijo, beijo.

    Meguita .

    PS. Como diz sempre, um AMIGO dos mais valiosos que tenho (todos são, mas esse é de quase 8 anos e tem um grande elenco com ele) :
    May The Force Be With You! (Us)

  5. marie toruvel disse:

    Êba! A Megleen, minha grande amiga voltou a postar. Que querida que você é, viu? Estava morrendo de saudades desses seus posts chiquérrimos. Queremos sempre mais. Mandarei um e-mail pra você ainda hoje, viu? Muitos beijos

    =====
    Vi, minha amiga querida Marie Tourvel;-)))
    Um grande beijo em você, querida.
    Adorei o Ortega y Gasset lá no seu blog.
    Vc é de mais! Dimaishhh!
    beijos

  6. Dear Meg,
    Os correios são só um detalhe.
    Amigo é de coração pra coração, em via expressa.

    E não se preocupe.

    Qualquer dúvida, eu te pergunto ;)

  7. C. Dreher disse:

    sei que estou proibido de comentar aqui, mas se você quiser, eu mando procê o É de manhã. Quer?

  8. O Réprobo disse:

    Yauuuuuuuuuuuuuuupi!
    Um MEGaregresso!
    Temos andado aqui tristonhos sem a Amegona. Vou dar conta da alegria que me assalta.
    Beijinho muito feliz, Querida Amiga

    ===
    Hahahahah
    Não sabia que o Paulo era um craque em jogos linguísticos, wordplays etc….
    ;-)))
    Vou já ver a homenagem.
    Obrigadíssima
    beijos

  9. av disse:

    Minha muito querida Meguita,

    Generosa, talentosa e corajosa és tu, como muito poucos!
    Feliz por ver-te de volta e em força, mesmo que em doses ainda prudentes.
    Cá te espero, ao teu ritmo sempre. Como e quando quiseres.

    PS: Quem me dera viajar assim tanto como dizes… ultimamente tenho estado bem mais sedentária. Mas em Setembro/Outubro vou à Índia, se Deus quiser.

    Mil beijos portugueses

    =-=-=-=
    Ai que bem que me entendes, querida miúda.
    Que bem que me entendes.
    Um beijo e aguarda-me, logo estarei melhor.

    Agora, diz-me, vais à India e não vems à Amazônia?
    Não percebeo bem o mistério:-)
    Humpft!
    Beijos e tudo de bom

    Meguita

  10. Cristina Ribeiro disse:

    Que bom que vou poder começar a lê-la, porque tanto a Ana como o Paulo abriram-me o apetite…

    =-=-=-=
    Ah! Cristina, peço-lhe por tudo, querida nefelibata (que lindíssima palavra) , não sou lá todas essas coca-colas;-), mas também, por favor, que a cristina não me julgue pelo que vir e ler agora.
    Estive numa “viagem” que me tirou praticamente todo o fôlego.

    Vai-se andando também com o blog.

    Um beijinho.
    Meg.

  11. Magaly disse:

    Que bom, Meg, muito bom! Todos à sua espera, desejosos de que esteja em forma de corpo e alma.
    Tolice falar assim, vc já chegou fervendo, falando do lançamento do Lord, homenageando Machado, citando participantes da Flip. Não é sensacional?
    Bem-vinda seja, Meguinha, estamos aqui mais que motivados e muito esperançosos .
    Beijos.
    =-=-=-=-=
    Oh! minha querida Magaly…. você sabe, você sabe….

    Um beijo, minha linda e querida.

  12. Nana disse:

    Meg querida,

    recebi os recados pela Debby e pela Etel. Vim visitá-la todos os dias, esperando revê-la, como hoje. Suas mensagens estão impressas (um dia, vou aprender a economizar árvores), esperando alguns minutos – eis aí o problema, e de sempre não é? Não quero apenas uns minutos pra nós duas, e acabo não tendo nem um segundo! – para poder conversar com você como merecemos.
    Como pode ver, não mudei nadica. E nesta hora em que escrevo, vejo quanta besteira ´faço´ em deixar de fazer.
    Se adiantasse reconhecer…
    Bem, enquanto ainda há paciência sua, fica meu enorme bem-querer, num beijo, e no abraço que sempre soubemos nos dar.
    Nana

    Nanna mia,
    Só queria saber era de você mesmo.
    Queria saber se tudo estava bem e depois lhe conto o porquê.
    Cheguei ao EXTREMO de ligar para a Regina Makarem, falei com o Sr Samir, para pedir-lhe o seu telefone que perdi. Incomodei-a , por certo.
    Mande-me, quando puder.

    Um beijo, querida e cuide-se. Tá bem?
    beijos
    .

  13. Ery Roberto disse:

    Meg, é sempre um alegria ter você conosco. Seus gaps, embora compreensivos, nos deixam órfãos dessa felicidade que é sentir seu estado de espírito através da forma como escreve. Lord Caco é unanimidade. O mundo será sempre diferente enquanto pudermos ter dentro dele a presença de pessoas assim. Beijos.

    OI Ery, querido.
    OLhe só, se não viesse rever sempre os comments, não ia notar que deixei o seu, involuntariamente sem resposta.

    Obrigada, querido.
    Você diz tudo de uma maneira tão perfeita que nem sei o que responder.
    Só agradecer.
    Obrigada querido, pela compreensão.
    E meu total acordo quanto ao que diz do nosso querido Lord.
    Beijos
    Megz

  14. aninhapontes disse:

    Meg querida, é bom ter você entre nós.
    É bom chegar aqui e encontrar você assim, com vontade de falar e falar.
    Você, como outros amigos foram assunto na tarde de lançamento. Você é muito querida por todos, e todos se preocupam com sua saúde, e com a falta que faz.
    Como pode ver, o lançamento foi delicioso. Agora quem te mandou esta foto, foi mais feliz que nós, porque conseguiu flagrar a Vivien, ao lado da mesa do Caco, coisa que nós não conseguimos, ela não saiu em nenhuma de nossas fotos.
    Com toda razão e propriedade quando fala da delícia que é ler o livro do Ricardo, vale a pena ler e ter um livro tão lindo e gostoso.
    Você está bem?
    Beijos querida.

    =-=-=-=-=
    Aninha querida, que bom é ter você aqui no Sub Rosa. Engano seu, não tenho vontade de falar e falar. Infelizmente. Mas acho que voltarei a ter.
    Eu estou bem, graças a deus, e você e a turma toda também, não é? Estive lá no seu blog e vi as fotos magníficas da festa.
    Um grande beijo, querida e por favor venha sempre, ainda que eu não possa ir tantas vezes lá, OK?
    Muitos beijos e obrigada, minha querida. Tudo, tudo de bom.

  15. Juliana disse:

    Voltou:)

    =-=-=-=-=
    Linda, Mary Hell:-)
    Com todo o seu apoio ‘cortante’ ;-) e mais as DJeíces;-) eu tinha que voltar.
    Quando vamos ter outra noitada?
    Para o seu polvo?
    Beijos
    M.

    Você está bem?

  16. Meg, queridíssima,
    Envergonhadíssimo vejo o quanto estou em falta com você. Só agora, fui capaz de perceber a sua homenagem. Minha vida está um caos. Tenho escrito demais, acabo de ter aprovado pela Globo mais um livro, acho que eles gostam de mim. Quando eu trabalhava regularmente tinha mais tempo. Agora, como consultor e mais escritor do que nunca, falta-me tempo. Angustio-me com isso. Sobra-me pouco para o prazer, poder visitar os amigos. Não posso, porém, deixar de declarar em público, sem o menor pejo, o amor que lhe tenho, gratidão eterna pelo carinho que me dedica. IMERECIDÍSSIMO!
    Beijo superlativo (foi o que mais vi em meu texto)

    =====
    Queridíssimo Milord.
    Claro que saberá ou imaginará o quanto eu fico feliz por você estar em situação que merece e que só tende a mellhorar ainda muito mais. Como não gostar dos frutos do seu esforço, da árvore de seu talento?
    Ah! como é delicioso saber dessas notícias.
    Quanto às demais palavras que diz , um Lord sempre chega a tempo, e o efeito é maravilhoso.
    Não há palavra que expresse a felicidade, a emoção de saber e internalizar o que elas dizem. Considero-as meu máximo prêmio.
    E vou tratar para que fique mais público ainda;-), esperando jamais desmerecê-las.
    Um beijo para o escritor, para o Amigo e, claro, como é de lei, para *a* Lady.
    da
    Maria Elisa, para o meu Lord, simplesmente Meg
    P.S Saiba, querido Lord, que jamais *JAMAIS* uso um superlativo em vão!;-)

  17. Pingback: Fragmentos de um evangelho apócrifo (I) « Sub Rosa (flabbergasted) v.2

%d blogueiros gostam disto: