Saltos, suplício, sedução (I)

Please =^.^.=

Eu acho que pés, ops… digo, *sapatos” têm uma significado especial e muito diferente para homens e para mulheres.

Dorothy2007 by Joana Vasconcelos, magistral artista portuguesa, nascida em Paris,  referida por Aliki, mon Amie de Génève;-) (Não tenho culpa de ser tão chic assim, aliás acho que estou doente de tanto ser chic LOL; :D) Merci, Aliki.

.

Aliás, permitam-me uma digressão : tenho um amigo que diz, tipo assim, filosófico que homens e mulheres não se entendem mesmo e period. Claro, explica ele: Havia, no início os Homens e as Hóminas, os Mulheros e as Mulheres .

Tanto a classe das Hominas quanto a dos Mulheros ~ficaram em risco de extinção, ninguém fez nada para salvá-los (hohoho), aí deu-se a melódia, extinguiram-se, e o final é isso que se vê: os Homens e as Mulheres se juntaram, e deu no que deu;-)

Acho que ‘se’ experimentaram, ‘se’ tentaram e até hoje vivem sem compreender direito quem são e o que pensam os companheiros.
Pois bem , eu adoro essa história , acho que está certíssima e seguimos pela vida felizes e incompreendidos para sempre.

No que diz respeito a sapatos eu sou luxur, ops…rigorosa e clássica. ;-)))) Ah certamente, sou apaixonada pelo Salvatore. E qual mulher de bom gosto não é? ;-)
Sabem aquela foto da Marilyn er.. refrescando-se na ventilação do metrô em Seven Year’s Itch?.
Iiiisssso mesmo, aquela do vestido branco;-) …pois é, a sandália maravilhosa que ela está wearing;-) é dele, do Shoes Dreammaker.

Mas também gosto de outros. E fiquei devendo a alguns amigos que não me visitam mais;-) uma história sobre sapatos e outros instrumentos de suplício, digo, de desejo, digo, de sedução. Oh!

 

Mas, hoje eu estou, believe it or not, sem poder escrever por causa de uma dor na garganta (sim, esta foi mal, mas confesse…I tried a nyce try;-) danada que está me deixando sem poder apreciar as boas coisas da vida.
No que a dor de garganta – estou aflita- passar ó nois aqui travêis, cês vão ver. Vou falar até de espartilho. Topam?
Beijos e saudades. (De la gamine, la mienne,  que já deve ter chegado  de Porquerolles e do Allan; ó , querido – preparei uma chanson de Aznavour, escandalosamente bela para você.

Estou tratando a gargantite assim, ó:
=-=-=
Hahahah, digo, cóf, cóf, cóf…Não deixem de olhar aqui: a origem do post original ;-)))
Pro meu Amigo Allan, que sabe todas as coisas maravilhosas e *IMPORTANTES* (que eu/nós adoraríamos saber) com respeito, agradecimento e admiração. E por que não dizer, um certo orgulho dessa virtual et virtuel amitié:

(Aznavour em dueto com Frank Sinatra, que anteontem completou 10 anos no andar de cima)

Sobre sub rosa
The most of all things and persons in the entire world drives me *flabbergasted". That includes me.

28 Responses to Saltos, suplício, sedução (I)

  1. Não vou usar.

    =-=-=-=-=-=
    Assim espero, não é Milton?
    Pois não sei qual seria a “reacção” da Claudia, à tua contrafacção:-))))))
    Pergunta a ela…

    Beijíssimos, mas bem de longe, pois acho que apanhei aqueeeele teu resfriado…o da gostosíssima crônica: Eu estou fingindo.
    Aliás, quero recomendá-la ao meu Amigo infiel?-) mas, que fazer? gosto dele…o nosso Réprobo de plantão.

    PURO FINGIMENTO do Milton

    apresentado ao Réprobo, que escreve bem para dedéu: aqui o post chiquérrimo em que até parafraseia CAMÕES
    Mas o blog todo é bom.
    http://parafrasefacil.blogspot.com

    Estejam apresentados!

    Ah! Milton, o Réprobo foi um presente que ganhei da nossa linda e insidpensável ANA VIDAL.
    Quer dizer, presente foi o blog. O Réprobo, não, que por acaso até anda ausente cá de casa.
    :-)
    Beijos aos dois.
    Meg

  2. livrarias e sapatarias são o lugar onde eu testo o meu auto-controle.
    e ele veio com defeito…

    ;)

    =-=-=-
    Hahahaha
    Falou pouco mas disse tudo, Marilia, Marilia:-)
    Já disse que adoro esse seu poder de síntese?
    Mas você há de ver que para nós sapato (ih se eu achar uma mulher que não adore sapatos novos e lindos eu desconfio dela:-) é um coisa, uma frisson, pros homens é outra e muito outra.
    Pronto vou fazer o post, vc me ajuda?
    Beijos, querida

  3. O Réprobo disse:

    Querida Meg,
    quem são esses suijeitos que não A visitam? Heim? Preciso de saber porque pensava ser o único credor do post sapatístico e assim tenho de dar chá de sumiço nos rivais!
    Pois é, para um velho fetichista (mais de botas de cano alto, mas quem não tem cão caça com gato), isto é um bálsamo para os olhos cansados!
    topa fazer uma desgarrada sobre espartilhos? Tenho aí umas imagens fantásticas e o pretexto era óptimo!
    A MM, nessa cena, pela primeira vez, fez-me achar um ventinho gostoso, pelo que não olhei muito para os pezinhos. Mas vou remediar a minha falta.
    E eu a pensar a Meg vidrada em Cannes! Toca a pôr a garganta boa, para agracecer as Palmas de Ouro, as que nós Lhe damos aqui, claro.
    Beijinho

  4. Querido Réprobo,
    Aaah! Mas então estou a ver (e a ler ) bem? o meu qr’ido Amigo aqui?! Que emoção!
    Mas é honra em demasia para uma pobre, romântica, idealista e tísica duquesa;-)))
    Hihihihi.
    Bem , já agora, refeita do bom susto, respondo a suas perguntas:
    O post sapatístico (quel trouvaille!) está vivinho e quase-prontinho da silva, falta-lhe apenas coordenar o texto pois resolvi falar tambem dos corsets , dos corselets, mas só um niquinho..

    O meu problema com os desafios, ainda mais à desgarrada, Réprobo querido é que tenho visitas de fora cá em casa e as questões de agenda;-)) são uma chatice.

    Mas eu farei aqui o prometido até o fim da semana e aí o Réprobo tripudia, OK? Olha que em matéria de iconografia não há quem o supere.

    E, finalmente, sim, sim, estou vidrada em em Cannes, sou-o sempre, mas este ano não posso fazer como nos demais.
    Agora que meu amado Clint Eastwood vai ar-re-ben-tar!!! – ah disso não duvido nada. You can bet!

    Um beijinho muito Amigo e a ratificação da alegria por vê-lo aqui, ainda que eu por lá não falte. Em coração e mente, for sure.

    Meg Penn Jarmusch Eastwood
    :D

  5. Sandra disse:

    Please, PLEASE, PLEEEEEEEEAAAASSSSEEE… Um post totalmente recheado de sapatos, botas, saltos altos e finos e todos esses objetos de desejos sensacionais, maravilhosos e fascinantes!!!!

    (perdoe a ausência, mas o trabalho sugou todas as minhas energias. Estou voltando, aos poucos).

    Beijos cheio de saudades…

  6. denise disse:

    Meguita, tudo bem agora?
    Acredite , se quiser: eu detesto sapatos!
    Acho-os lindos nos pés alheios. Nos meus, são suplício.
    Saudades.
    beijo, menina

  7. pode contar comigo. ;)

  8. Deniiiise, que legal você aqui.
    Uót?
    Eu nuacredito…não gosta de sapato… sei, ou melhor não sei o que dizer, mas desconfio:-)
    Sandra!!!!! , querida, vamos lá.
    Vamos fazer o possível, mas tem de ser depois da gargantite e depois do show do Milton no PHES;-)

    Gente, estou mofina, mas logo, logo volto.
    beijos

  9. shi disse:

    Pqp, pode desconfiar de mim então, Super-Rosa, pq eu nem tchum pra sapatos, ó! Eu sempre acho que sou uma mulher que esqueceu de nascer homem, tsc… rs. Mas acho-os lindos, sem dúvida, só não são objetos de desejos meus (eu ainda prefiro uma serra tico-tico – pqp, agora eu morro!! kkkkk). Manazinha, fui lá ver o Javier Bardem, ele realmente é lindão, um foufo iconoclasta, tudo o que eu mais amo nessa vidinha de meu Deus! Poréééééééém (pq qdo venho aqui eu sempre exagero nas vogais, me diz????), nada que chegue aos pés do lindo, maravilhoso, meu Deus de ébano Den-zel Wa-shig-ton!!! :-D Bjão, e cuida dessa garganta, moça!

    =====
    Xiiiii!, Shi… tu ainda não se descobriu hohoho (pra ver como eu estou “variando”, escrevendo assim. Deixô eu colocar aqui um sapatonildos lindos… Me aguarde linda Shi.
    E pode abrir, repetir a vogais…Aqui pode tudo até certo ponto/-)))))))

    Eu acho que agora é que aquela história de respiração isso, de febre aquilo é que se revelou: uma VIROSE, estou mórrrendo. Socorro, eu morro… eu morro de tanto có cof…
    Estou com a garganta do tamanho de uma..taí, uma motoserra. Gargantite aguda não dá sozinha né?

    Olha, querida, me apanha a La Tourvel, ma bel (igual Michelle, ma belle) e pergunta por que ela não vem aqui ver a amiga dela doente, moribunda. É tsc tsc é a vida, a gente gosta tanto e a danada me deixa…tá boooom..

    Ah! eu também, não cortaria a garganta pelo Bardem, acho ele muuuito graaande hohoh (deve ser minha garganta:-)
    Eu sou toda do Benício del Toro , embora casada de papel amassado com o Clintão. Já viu o Clint?
    Às vezes me divirto com o Sean Penn. E ele tinha que tá aqui pois é presidente do Festival de Cannes.

    Um beijo, minha amiga Super-Shic e torce mesmo por mim.

    Beijos

    P.S. Um amigo que me perguntou como eu estava , eu respondi que tava mal da garganta ele disse: Pô, Meg, você só vive doentinha, acho bom escrever como lema do Sun Rosa, ali naquela parte em que está escrito “Readiness is all” do Shakesperae, vc escreve:

    “HOJE NUM TÔ BOA!”

    Hahahahah, o que acham?

    Até a próxima saída da cama.

  10. av disse:

    Olha, olha… chegou e cilindrou, a Meg! Salvatore Ferragamo é mesmo um must, minha amiga!

    Não conheço mulher que não mate por uns sapatos novos.
    Pensando melhor, só mesmo a Bié: “Sapato não, seu Nacib!” Mas em Ilhéus não havia Ferragamo, por isso está perdoada…

    Mil beijos e bom regresso à arena, leoa!
    Ana

  11. Aniuska!!!!
    Minha querida.

    Pensei que stava no Eden, mas afinal estava perto.
    Querida, tô por um fio.
    Mas muito feliz com você e a Rita.
    Fui lá, já viu?
    Beijos, querida.
    Vou melhorar e só volto em pleno gozo:-) de saúde física.
    M.

  12. aliki disse:

    caso eu ainda pudesse ser uma cinderella of modern times, o sapatinho que eu perderia só poderia ser obra da brilhante Joana Vasconcelos… Acho que na ultima bienale era um gigantesco prada de salto altissimo (medido em metros) e feito inteiramente de… panelas…
    prends soin de toi, eu tb ainda estou com 1 joelho na tipoia, so saio da clinica para a semana. Mas ja consigo saltitar até o pc publico.


  13. Ma belle danseuse!
    Prends soin de toi aussi, ma belle.
    bibises
    M.


  14. A-do-rei a Joana,. Lik,
    Mille mercis, alright?
    M.

  15. O Réprobo disse:

    Querida Meg,
    pois eu adorei a assinatura com a colecção de sobrenomes digna da androginia tibetana.
    Não ligue, tive uma semana tremenda de trabalho, estou arrasado, mas espero que esta seja melhor.
    Sabe que na Lisboa do Século XVIII, cansada de ver os homens todos apreciarem-lhe o pezinho, que se diz ter sido muito bem feitinho, a Condessa de Soure peguntou ao Marquês de Resende:
    “por que gostam tanto os homens de uma perna?”
    E a resposta:
    “É que é pecado, Senhora minha Prima”.
    A escultura de que fala a Aliki é esta, não?
    http://parafrasefacil.blogspot.com/2007/10/porta-da-cozinha.html

    E por fim, dizer o prazer de conhecer o Milton, por Seu intermédio, como desejar que essa gargantinha deixe de imitar a da Maria Antonieta. Que fique boa, com o remédio oposto ao dela!
    Beijinho


  16. Androginia tibetana???!!!!

    E o Paulo é versado nisso também?
    É um…um..o que? um Réprobo!
    ;-)

    E sim, é . é e deixei lá umas linhas:)
    beijos

    Fico feliz em saber que tomou contato com o tarado do Milton Ribeiro, digo, o querido Milton Ribeiro
    :-)
    Beijos duvidosos
    M.

  17. O Réprobo disse:

    Ah Dubutativa Meg,
    Já respondi às linhas e registei a promessa que a Duquesinha da Garganta Desafinada fez de lá voltar.
    A referência visava a androgamia, por causa dos nomes dos cineastas acrescentados, a qual, para a nossa civilização, parece mais um traço masculino, com toda a fixação nos haréns turcos… Donde uma percepção de misto dos dois géneros…
    Beijinho e não seja como os políticos, cumpra as promessas que faz, viu? Claro que eu votarei sempre na Meguita!

  18. O Réprobo disse:

    Dubitativa, perdão.
    Bj.

  19. av disse:

    O que para aqui vai, xiiiiiiiii…”androginia tibetana”… eu trago-te amigos eruditos, Meguita, agora aguenta-te! LOL

    Paulo, a nossa Duquesinha Desafinada (perdão, só a garganta, ehehehe…) vai voltar sim, que nós não deixamos que ela se mude para outro planeta!

    Volta, miúda, e com as cordas vocais da Callas!

    beijão

    =-=-=-=-=
    Ou “da menina Caballé”…
    Que delícia, Ana, que delícia!

    Beijo

  20. Hahahahah! Cóf, cóf…Cóf
    E então não é, Ana?

    A androginia, confesso, não me espantou tanto dado que sendo de boa procedência, mesmo sem perceber extamente, deixei-me ficar quieta, com leve desconfiança.
    O que me meteu-me impressão, confesso igualmente, foi o *TIBETANO*. Pensei em Sutra, Sumatra etc… que deve ser por ali por perto, não é?

    E confesso ainda não *me situei*;-))
    Mas como disse, tendo sido a Ana , a grande e poderosa polinizadora da Internet, no momento, achei que quando melhorar da garganta coloco este assunto a limpo.
    Não que não seja limpo , claro está
    Hahahah, rindo à cântaros, cats and dogs. e a cabeça a doer.

    beijos, querida.

  21. av disse:

    Vai ver o Paulo anda a pensar candidatar-se a próximo Dalai Lama, Meggy… ele gosta de realezas. que eu sei!

    Que tal, meu amigo, agrada-lhe um mosteiro lá no alto e os trapinhos cor de laranja? O pior é que não há muitos sapatos por lá, e muito menos de salto alto!
    LOL

  22. Allan disse:

    Adoro andar descalço. Sapatos, só os confortáveis, pra mim. O resto é puro fetiche, e classe. As coisas importantes são as mais simples, como a amizade e uma belíssima homenagem com o sensacional Aznavour. :D

    …E compreender que às vezes basta pouco para a felicidade.

    Beijoca

  23. Branco Leone disse:

    (off-topic)
    Meg, a respeito do seu comentário no blog do Milton, manda seu endereço por e-mail?

  24. O Réprobo disse:

    Tenho de confessar uma perplexidade perante o comentário da Ana:
    então no Tibete não há saltos altos, com todas aquelas montanhas debaixo dos pés?!
    Quanto ao Dalai Lama, figura a todos os títulos admirável, gostaria de servi-Lo, como à Realeza de cá. Sou legitimista em qualquer latitude.
    Beijinhos

    =-=-=-
    Hmmm…. não sei não;-)))

    O que achou, Ana, da performance argumenttiva do nosso Réprobo?

    ;-)

  25. ei, Meg, vc está melhor??

  26. Magaly disse:

    Meggy, Meggy!
    Você está tão rodeada de leitores/comentaristas de primeira linha que, confesso, não consigo sentir-me culpada por andar por fora esse tempo todo.
    E tem mais: estou com dificuldade de acompanhar essas tiradas dos posts recentes. Os assuntos estão sempre além de minha capacidade receptiva. Assim mesmo, apreciei sumamente tudo o que deu para ler.
    Este seu espírito irreverente e dinâmico é verdadeiramente sedutor. Não fossem os mal-estares físicos que a incomodam constantemente e a fazem instituir pausas de quando em quando, a blogosfera já estaria em processo de ebulição.
    Um passeio ao Subrosa é uma aula de superação sob um céu de alegria e de contagiosa emotividade.
    Beijos saudosos

  27. Nelsinho disse:

    Tal como o Milton Ribeiro, não uso!… Mas uma mulher elegante, muito mais elegante se apresenta se um par desses instrumentos de suplício usar.

    Nos meus jovens anos, em que amava os Beatles mas não os Rolling Stones, eu dizia abertamente gostar de Charles Aznavour e Mireille Mathieu! Mas sempre detestei o Aznavour cantando em inglês.

    Nos maus altos e baixos, em crises de mau-humor pelas tensões do trabalho, peguei uma baita de uma gripe, fiquei no hotel e aproveitei para visitar…

    =-=-=-=
    Ah Nelsinho então não sou só eu e nem é só aqui nessa selva selvaggia;-)

    Fico feliz com seu comentário. Obrigada. Suplício, suplício, sim.
    Quis caprichar para o Allan, mas confesso que prefiro o Aznavour , tipo sheer Aznavour:-0

    Beijos, queiro e melhoras.

    Um beijo

  28. Pingback: O suplício e a sedução dos corsets, high heels e outras artes:-) « Sub Rosa (flabbergasted) v.2

%d blogueiros gostam disto: