Anyway;-) the Hillary Clinton do Oscar® 2008

 clooney.jpg

“I’m the Hillary Clinton of the Oscars”

Tudo bem que meu compromisso é sério e sou fiel, fidelíssima. a Clint, o meu Eastwood;-) Mas George está concorrendo ao Oscar® por Conduta de Risco/Michael Clayton e disse essa frase magistral hohoho. Ele ganharia se o Barack Obama, digo, se Daniel Day-Lewis(pule de dez) – não estivesse concorrendo por There Will be Blood/Sangue Negro.

Não é por estar na minha presença mas o Sub Rosa ainda faz a melhor cobertura sobre o Oscar;-) A frase de Clooney resume este Oscar ® 2008 (*)

Quaquaraquaquá . George tem humor . E bom humor causa um efeito devastador no coração, na mente e adjacências pisc* das garotas. Q.E.D.

E os irmãos Cohen e Javier Bardem…pois é!

*(Recebi a foto da minha figliola. Merci e beijinhos e carinhos sem ter fim, linda).

-=-=-=

Gente, está passando agora, no Canal 65 Cult (Cultos e Crendices) do Telecine, West Side Story/Amor, Sublime Amor (Jerome Robbins/Robert Wise) . O musical mais violento e mais genial de todos os tempos. Um musical pode ser violento???!!! O que estão fazendo que não estão vendo? Hein?!;-) Natalie Wood, ah! Mariaaaa, Mariaaa!!!

Sobre sub rosa
The most of all things and persons in the entire world drives me *flabbergasted". That includes me.

6 Responses to Anyway;-) the Hillary Clinton do Oscar® 2008

  1. aliki says:

    Meg querida, corra pro seu you tube e coloque “Obama dance”… heaven forbid, o homem tem uma ginga, além do “resto”!!!! Pedaço de mau caminho… dos bons!
    Beijoca

    =-=-=-=-=
    P’tite, eu vi! eu vi!
    Ueba!!!!!!!

    ;-))))))
    E o resto!?!?!
    Ai, ai, ai, ai!
    bises, bises, bises
    Só você pra me alegrar hoje;-)
    M.

  2. Tenho uma amiga, Meg, que diz que considera o Clooney linnnnnnnnndo, mas se ele abre a boca, como ele fala muita bobagem, ela já desencana. Eu sempre respondo a ela: quem disse que ele precisa falar? e quem disse que eu preciso ouvir? Tem horas que é melhor ser surda. Beijos, querida
    PS: Tem dois posts em meu bloguinho, um sobre o Fidel Cazzo e outro sobre o eterno “Leôncio” do Rubens de Falco, que acho que você vai gostar.

    =-=-=-=-
    Ah! Marie, minha queriiiiida fisica;-)
    Diga a ela que eu discordo….
    Por uma razão muito simples, falar é nada, o que interessa é o que o rapaz faz;-))))
    E você vê os filmes liiindos, maravilhosos e gostosos, opa, modere-se Meg, os filmes tããão bons que ele faz? písc*
    Hohohojo.
    Vou já correr lá na Sopa ver o que você aprontou;-).

    Btw, eu lembrei do Leôncio, o ‘pobrema’, querida é que me lembrava da peruca dele, com todo respeito… bem, e achei que você, ou o meu querido Ruy – o nosso Mr Guavaman fariam posts melhores.;-)

    Beijocas
    Meg

  3. Meg, realmente isso foi “transmimento de pensação”. Que meda! O Ruy nem post fez. Deve estar tão desolado, coitado. Afinal, até o Rubens de Falco da Lucélia morreu e os nossos nunca morrem. Estão aí a nos açoitar. Beijos, querida gênia.

    =-=-=-=
    Safadinha;-))))
    Ir ao seu blog é garantia certa (ops.. se é garantia é porque é certa, não é? ops… tô muito Odair José) de indignação e divertimento.
    Viva Marie!
    beijocas, querida engenheira s´…..;-)
    hohoho

  4. Magaly says:

    Realmente, o melhor musical de todos os tempos. Mariaa, Mariaa é primorosa, uma jóia musical. Também, Robert Wise! Sempre rendi homenagem aos filmes dele.
    Beijos

    =-=-=-=
    Maga eu também acho, minha flor.
    E tudo é como diz o Nelsinho: A tchurma toda: Bernstein, Sondheim, Jerome Robins.
    Tudo!

    E aí como vão as remembrnças?
    Beijos, queridinha
    Sua
    Meggy

  5. Eduardo says:

    Concordo que a MELHOR cobertura do OSCAR é AQUI!

    Bjs e BOM DOMINGO!

    =-=-=-=
    Concorda, Eduardo????
    Essa é uma piada minha que faço sempre;-)
    beijos
    No meu rodizio, o Varal já está na vez.
    M.
    Uma feliz semana.

  6. Nelsinho says:

    West Side Story!… Quantas e (e)ternas recordações…

    A morte violenta sempre foi omnipresente nos dramas musicais de todos os tempos.

    Há já uns bons anos, comprei nos EU uma fita VHS (que coisa mais jurássica!), com o diário filmado da última gravação do West Side Story, dirigido pelo próprio Leonard Bernstein. Até hoje, não canso de me cansar, repetindo ad nauseam cada detalhe dessa “epopéia” musical! Trabalhar com Bernstein não era moleza!

    Um beijo

    =-=-=
    Querido Nelsinho, adoro essas histórias… Jurássicas? São preciosidades.
    Sabe que levei um susto quando me dei conta que não existe mais fita-cassette, nem aparelho para ouví-las.
    Daqui a pouco terminam com os VCR’s.
    Oh my Gosh!

    West Side Story está na minha lista de melhores… ever, forever.
    beijos

%d blogueiros gostam disto: