Dois blogs excelentes: Chega de saudade e Cultura Impura.

mafalda.jpgPessoas queridas, eu não consigo imaginar uma boa parte da minha vida (desde 2001) sem escrever ou ler blogs. Mas como eu poderia?

Não me canso jamais de me surpreender com o quanto eles podem ser variados em sua temática, ou, o que vem ser quase o mesmo, o quanto eles podem ser igualmente bons, ótimos falando sobre quase tudo o que é possível imaginar.

A rigor nem poderia vir aqui hoje e por isso não me estendo mais falando, digo, escrevendo;-). Deixo para vocês julgarem:

1- Cultura Impura, da Lívia. U-ma coi-sa! A Lilla (melhor chamarem assim) escreve bem. Pensa e se expressa idem. E no momento está passando aquela fase que todos nós passamos que é iniciar um blog. E, pessoas queridas, asseguro a vocês, ela está se saindo melhor que muitos *experientes*. Adorei o blog e, confesso, aprendi logo o que significa a expressão “substância impura”, proveniente da Química. Assim, sim!;-)

2- Chega de Saudade da Fernanda mas por favor, melhor chamarem a moça de Nanda, ela adora.
Nanda é uma jovem jornalista brasiliense e escreve sobre a sua grande paixão que é a música brasileira, com ênfase em tudo que diz respeito ao movimento *bossa nova*.
Eu me apaixonei pelo brilhantismo de Nanda, mas fico triste em ver que ela demora séculos para atualizar o blogue. Que tal se a gente pudesse contribuir para posts mais freqüentes?. Vamos lá?
Se vocês lerem o ‘último’ (mais recente) post da Nanda vão entender o porquê. É sobre a Mangueira. “Verde rosa sem cor”.

Bem, é isso! Vão lá e por favor, não deixem de me dizer o que acharam, certo? Ah! e bookmark, please.

E tem mais uma coisinha: as meninas Lilla e Nanda têm 18 e 20 aninhos respectivamente. Quando eu vejo esses *listillos*, só posso dizer como o Quino, ou melhor, a Mafalda:
¡Mecacho. Que generación!”
Garotas: Parabéns e ar-re-ben-tem!;-)