Cuerpo de mujer

corpo-de-mulher.jpg
Frinéia – Aerópago- by Gerome.O -clique)

Cuerpo de mujer, blancas colinas, muslos blancos,
te pareces al mundo en tu actitud de entrega.
Mi cuerpo de labriego salvaje te socava
y hace saltar el hijo del fondo de la tierra.

Fui solo como un túnel. De mí huían los pájaros
y en mí la noche entraba su invasión poderosa.
Para sobrevivirme te forjé como un arma,
como una flecha en mi arco, como una piedra en mi honda.

Pero cae la hora de la venganza, y te amo.
Cuerpo de piel, de musgo, de leche ávida y firme.
¡Ah los vasos del pecho! ¡Ah los ojos de ausencia!
¡Ah las rosas del pubis! ¡Ah tu voz lenta y triste!

Cuerpo de mujer mía, persistiré en tu gracia.
Mi sed, mi ansia si límite, mi camino indeciso!
Oscuros cauces donde la sed eterna sigue,
y la fatiga sigue, y el dolor infinito.

Pablo Neruda (Chile, 1904-1972)

♣♦♣   ♦   ♣♦♣

Imperdível!  Um novo olhar com a mente: No InfinitoPositivo, Ery Roberto escreve, com com  estilo e classe peculiares.

Sobre sub rosa
The most of all things and persons in the entire world drives me *flabbergasted". That includes me.

14 Responses to Cuerpo de mujer

  1. palpi disse:

    Forte.
    Bom sábado, Meguita.
    Beijo

    =-=-=-=-
    Gostou, querida?
    Eu nunca havia colocado o Neruda.

    Tenho estado zem imaginazione.

    Um beijo, chérie

    MegLee

  2. Eduardo disse:

    Meg sobre sua dica ( eu já havia lido o post anterior, mas não comentei, por não estar à altura), comentei no ery, e transcrevo aqui:
    Blogs inteligentes, e comentários idem!!!!
    Parabéns ao Ery, Meg , Lord e Milton.Quadra de ouro! da cultura literária.

    Bom fim de semana!

    =-=-=-=-=
    Eduardo, você é que é de ouro maciço e é do coração.
    Obrigada por me incluir junto ao trio.
    Beijos
    Meguita

  3. valter ferraz disse:

    Meg, só te perdôo por relegares o perplexo às moscas, por que postou Neruda. Por mim, mais que suficiente.
    E o Ery, voce sabe. É gente nossa. É da firma.
    E o bagulho, é doido!
    Beijo, menina

    =-=-=-
    Seu Valter, não reclame.
    Eu tenho que chegar com atitude no perplexo, num sabe?
    É muita responsa.
    E num reclame que sei que vc tá preparando livro novo.;-)
    Tudo é verdade!

    E sei que você gosta dos poetas de expressão castelhana, você é do Clube Cultura. Viu só como o Seo Valter e Dona Aninha tão no meu coração?
    Beijos

    Megleen

  4. denise disse:

    Meguita,
    Ando cabulando tuas aulas, querida mestra, mas por favor, justifica minhas faltas. O Ery disse pra gente estudar, pra não sermos reprovados no provão, viche!
    Ah, lindona, parei com as aulas de espanhol, mas, ler o Pablo original é algo que não posso evitar, hehe.
    beijo, menina
    já mudou meu link:
    http://drang.org

    -=-=-=-=-
    Muito bonito, não é?;-))))))
    Mas você e o Ery estão podendo;-) E nunca seriam reprovados. Ja-mais de la vie!
    Puxa e querendo aprender espanhol, que acho difícil como quê. Sabe Dezinha, eu desconfio demais do que é *APARENTEMENTE* fácil: parece mas nao é. Espanhol é furada, com os tais falsos cognatos., né não?

    Podeixá: já mudei seu link, oras…I-me-di-ata-men-te! HEY, PEOPLE: A DENISE ESTÁ DE ENDEREÇO E CASA NOVOS!

    Beijos

  5. aninha-pontes disse:

    Um poema como esse de Neruda, fala na alma.
    Não se detém à superficialidade.
    Beijos querida.

    =-=-=-=-=-
    Ô Aninha, querida, que bom você me visitar com tão pouco tempo.
    Tenho estado cada dia em um blog é o máximo que posso, mas já chegeui no seu, e fiquei com água na boca com as favas!
    A-do-ro.

    Sim, o Neruda!
    beijos, querida

    Meg

  6. rose marinho prado disse:

    Não tenho o que escrever sobre o poema. Hoje. Gosto de ler poemas em voz alta. É divertido gravar e ouvir. Este é bom para exercitar a leitura. Claro que é lindo.

    Beijos mil , Meg

    =-=-=-=-=
    Beijos, linda.
    Ah e é ótimo para deixar na Secretária Eletrônica;-)))

    Beijos
    Megliz.

    P.S. CADÊ o blog que a senhorinha me prometeu? Interneticamente todos são testemunhas! Hellow!!!

  7. IsabelFilipe disse:

    o poeta que cantou a mulher …

    gosto muito de o ler.

    beijinhos e boa semana

    =-=-=-=-=
    Isabel, querida.
    Sabendo disso, vou colocá-lo sempre que puder.
    Imagine, *NUNCA* antes coloquei um único poema do Neruda. Não sei o porquê.
    Agora sei era para a Isabel o ler.

    Beijos. Uma semana linda para si também
    Eu estou precisando desses votos.

    Meg

  8. palpi disse:

    MEGuita, sabe que a Rose Marinho Prado é a minha mais nova amiga? :) Não é o máximo? Graças a você, caríssima! Obrigada.
    Beijo e uma semana perfeita!

    =-=-=-=-=
    Ueba!!!!!!!!

    Olhe só: A vontade realmente é minha, sim. Eu queria, quis, quero e torço!
    Sabe que sou uma dessas pessoas que adoraria que todos os meus amigos fossem amigos entre si. Ia ser o má-xi-mo!!!!! (Namorado, marido, companheiro e etc -principalmente os etcs hohoho – aí a coisa muda;-).
    Agora amigo, eu acho que é uma . A-do-ro!!!!!
    Mas a amizade é graças às duas. Você sabe muito bem: a Amizade suporta o mundo. É o maior suporte à Vida.

    A Rose, escrevendo, tem um dos textos mais originais, mais espontâneos que eu conheço; e falando é uma “dilícia”.
    E você, putzgrilo, puxa vida, nem quero dizer o quanto devo a você: só Deus sabe. E eu sou agradecida.

    Agora tem uma coisa: Você tem de ser *mais* amiga minha;-))))))))))))))))) Tendeu?
    E Dona Rose também, tenderam?;-)))))
    Hohohoho
    Bom!
    Meguitz, a manda-chuva;-)

  9. rose marinho prado disse:

    “Agora tem uma coisa: Você tem de ser *mais* amiga minha;-))))))))))))))))) Tendeu?
    E Dona Rose também, tenderam?;-)))))”
    ……………………………………………………………………………..

    MegliZ ( por que LIz?) já dei provas de amizade. Quanto à Palpi, não faço idéia.É com ela.

    Favor explicar o que é preciso para provar a amizade.
    1 – copiar a Divina Comédia de trás pra frente?
    2 – fazer um bordado no linho, com bastidor, em sânscrito?
    3 – ler Pierce e explicar o que seja a secundidade?
    4 – mandar pelo correio o coração do Padre Anchieta?
    5 – gravar um cd , cantando o Hino da Marinha?
    6 – fazer um bolo de cerejas ao rum e mandar pelo Correio?

    Quer um cachorrinho paulistano? Compro e mando.

    Beijos


    =-=-=-=-=-=-=

    Hahahaha! eu gosto muito dessa sua inventividade.

    Mas eu não falei em *prova de amizade*, nem em ser mais do que já é;-)

    Eu tentei fazer – sem sucesso, uma brincadeirinha de manda-chuva.
    Tipo assim: Vocês tem que gostar mais de mim do que uma da outra.

    Ou seja, eu conheci vocês primeiro, então eu sou a amiga principal… Tô certa ou tô errada?

    Mas já vi que é só uma idéia que funciona com a Magali do Mauricio de Souza(?) …aquela Magali do Cebolinha, entenderam?

    Ainda estou sem ar como vocês sabem.

    =-=-=
    Mas, agora que falou: mande o bolo, por favor, mande! Cerejas ao rum, hum…hum… hum…. E aproveite e venha junto com o bolo;-))) Venha, siá minina! Venha!

    beijos
    Meg Lyn (de Meg com Marilyn, Megliz ( de Meg com Feliz, enfim… é isso;-)

    P.S. HINO DA MARINHA????!!!!!????? Se a Marinha tem hino como é que vc sabe? hein? Hahahahah

  10. rose marinho prado disse:

    Correção

    Favor explicar o que é preciso para provar a amizade.

    Sem ponto de interrogação.

    =-=-=-=-=-
    Já tá sem ponto e sem interrogação.
    pisc*

  11. rose marinho prado disse:

    Meg, não garanto nada. Pode ser que Palpi seja mais minha amiga do que você é minha amiga ou amiga dela. A vida não tem tampa.

    huahauaááá

    ;-))))
    smacks.

  12. Puxa, aquela gravura parece o Porque Hoje é Sábado!!!!!!!

    (Aconteceu num sábado, estou certo disto.)

    Bjs.

    =-=-=-=-=-=-=
    Foi um momento, tu sabes, em que um corpo de mulher foi usado em um processo;-)
    Tens razão, não foi muito diferente.

    E deve ter sido sábado, também não duvido nada… nada… guri!
    bju

  13. CoRa disse:

    NOSSA, Amo Neruda. Simply adore him!!!
    e morro de saudades da minha meguitaaaaaaa :)
    beijosss

    =-=-=-=-=-
    Minha coisa rara de cora – ção valente:
    Meu amorzinho, vc sabe que o seu aniversário ainda vamos comemorar juntas, não sabe? Conversar conversas compridas e gostosas.
    Escrevo depois para falar das minhas peregrinações. Médicos e talz.
    Este mês de janeiro é meio bárbaro – Carma, talvez? – mas uma coisa eu sei: depois que ele passa fica tudo bem.
    Vamos nos ver, matar “uma pouca” dessa saudade imensa.
    Sometimes better things are the unforeseen ones, you know!
    Ton of smooches, honey
    M.

  14. Ery Roberto disse:

    Meg, ser citado por você e assim, “aos pés de um poema de Neruda”, e especificamente este “Cuerpo de mujer”, é mais do que um prêmio. Este poema é um cântico de louvor. Obrigado, gracias, gracias!. // Falando em prêmio e aproveitando que ainda estamos nos referindo àquele fantástico post sobre a Simone e o debate marcante sobre Francis, acabei de lhe enviar um e-mail. Tem um carinho todo especial nele e no post que está hoje lá no Infinito.

    É tudo pra você!.

    Beijo grande.

%d blogueiros gostam disto: