NIETZSCHE e ESTRANGEIROS (Updated)

when_nietzsche_wept1.jpg
Direção:Pinchas Perry.
Elenco: Katheryn Winnick é Lou Andreas Salomé, Armand Assante é Nietzsche (deixem eu desmaiar) Ben Cross é Zarastuthra) Michal Yannai, Jamie Elman, Andreas Beckett, Rachel O’Meara Ano: 2007
Baseado no livro homônimo: Quando Nietzsche chorou, best-seller, do terapeuta Irvin Yalom
*******************************************
Só por maldade dêem uma olhadinha aqui: Livros que mudaram a minha vida (*)
*****-=-=-=-=-=-*******
LOU ANDREAS SALOMÉ!
kw_wnw.jpg
Agora reparem: essa moça que, não nego, é uma das mais lindas atrizes surgidas nos últimos tempo me faz o *part* de Lou Andreas Salomé. Que Deus nos livre e guarde, tomara que ela faça bem, mas…. O nome dela , claro, todos sabem é Katherine Winnick
********
wnw_bertha_myannai.jpg
E a esta não menos linda, Michal Yannai um pouco menos linda, vá, lá, chacun à son goût, n’est-ce pas? coube a *part* de Berthe, a histérica tratada por Breuer.
Há aqui uma interessante (e dubitativa) análise do filme na Wikipédia -Quando Nietzscehe Chorou Você já viu o filme? Pode me dizer o que achou? Eu tenho medo…;-)
*********
(*)Ok foi mal. Tenho um amigo, muito, mas muito querido, que leu o livro e gostou. Confio nele.
********
Mas falando nisso, você leu o livro? Gostou? Não gostou? Por que? Ah Conta pra mim, conta?

******
RECOMENDAÇÃO SUBROSIANA:
Descubra o site *ESTRANGEIROS (veja ao lado/ no sidebar – como destaque) – uma idéia da excelente escritora brasileira DANIELA ABADE, um projeto desenvolvido com mais alguns escritores convidados por ela.

Daniela é brilhante, para dizer o mínimo, seus projetos são todos bem-sucedidos, no cinema, na propaganda/publicidade e na literatura. Quem não lembra de Mundo Perfeito (Oh Dani que falta está fazendo, agora … snifff!) e Cadeia de Palavras, com mais seis autores, entre eles o Sérgio Rodrigues do (snifff de novo) No Mínimo. Gente por que coisas maravilhosas tendem a acabar -ter vida muito breve – na Internet?!!!!! Dá pra refletir, não é?

O Sub Rosa teve a felicidade de entrevistá-la no lançamento de seu segundo livro CRÔNICOS. A entrevista pode ser lida no meu site. (desculpem os “possessivos” – é que praticamente ninguém sabe que eu tenho um site, além dos blogs). Aqui está a entrevista, podem ler. Um dos grandes sucessos do Sub Rosa! que sempre escolheu muito bem seus entrevistados. Viva Daniela! Muito Sucesso!
(Claro que ESTRANGEIROS – e uma análise do conceito de étrangeté/ strangeness/ estranheza, merece post especial, que está sendo preparado).=-=-=
Sobre Daniela e CRÔNICOS
______________________
Não esqueçam de – à direita – clicar no nome dos participantes. Uma cidade, uma língua, uma criação – E não se avexem, eu sei que tentei, fiz o que pude e não consegui aprender alemão. O que me deixa com a morte na alma. Uma tragédia;-). Não falar a língua de um lugar, é uma das mais essenciais condições do *estrangeiro*. Não só essa, mas certamente uma das mais desafiadoras.
___________
Daniela Abade e seus parceiros no projeto discorrem, criam, reinventam ficcionalmente ciadade às quais não “pertencem”. A própria Daniela escolheu a cidade de Undine na Itália. Os outros escritores fizeram estas escolhas:
*a argentina Florencia Abbate, ……………………….. Hamilton/Canada
*a austríaca Claudia Chibici-Revneanu…………..Santos/Brasil
*o italiano Max Mauro.……………………………………… ..Cidade do México/México
*o canadense David McGuire…………………………….. Buenos Aires/Argentina
*o australiano Matt Rubinstein …………………………..Graz/Áustria
*e o mexicano Gonzalo Soltero …………………………..Sidney/Austrália

Sobre sub rosa
The most of all things and persons in the entire world drives me *flabbergasted". That includes me.

17 Responses to NIETZSCHE e ESTRANGEIROS (Updated)

  1. Sophia disse:

    Meg, não li e esperava justamente que tu me dizias qualquer coisa do livro. Não sabia do filme.
    E o Estrangeiros não tem nada em francês. Pergunta para Daniela?
    Mandei email para ti.
    Beijos do frio

    =-=-=-
    ;-)
    Aqui muita chuva, Sophia.
    beijo.

  2. Sophia disse:

    E porque está nervosa?

  3. valter ferraz disse:

    Ué, cadê as fotinhas do lançamento? Magoei.
    Bom domingo,
    Te beijo

    =-=-=-=
    Valter, meu querido amigo-escritor e escritor-amigo;-)

    Eu às vezes cedo a impulsos, mas juro que não é por mal;-)))
    Beijos, beijos, beijos

    Meglynha torta;-))

  4. palpi disse:

    MEG, na marra, consegui ler o livro até a metade ou nem isso. Não sabia da existência do filme, este pode ser que eu consiga ver inteiro, pode ser, não garanto.

    Interessante seu comentário sobre Estrangeiros, porque dia desses estive lá e prometi a mim mesma escrever um post sobre eles, ainda mais depois de ler a história da Daniela, em sua visão de mico ;)

    E eu não sabia que vc tinha um site. Chic! Irei conhecer.
    Beijo e bom domingo, darling.

    =-=-=-=
    Hahahaha.
    Folks,
    Olhem só adoro *TODOS* os meu leitores, poucos mas fidelíssimos e que são da mais alta qualidade.

    Por isso, desculpem-me (t-o-d-o-s), mas a Palpi, gente, a Palpi é responsável por alguns dos meus *MELHORES MOMENTOS* cibernéticos e não só.
    (Private/Internal joke: “um helicóptero também serve” hahahahahahahah !!!!!!!)

    Agora.. eu não vou falar mais nada;-)))
    Leiam o comentário dela.
    Eu não falo nada, porque ela é insubordinada (hohoho) e vive questionando os elogios (justos e merecidos) que eu faço a ela.
    Tentar ler um livro…“na marra. “ é demais, né não?)
    Palpi, vc tá querendo – sem querer – competir com o Lord, pra ver quem me faz rir mais , é? hahahah

    Beijos, “Palpi posh”;-)
    Meg

    P.S. Gee, Palpi vc já conhecia o ESTRANGEIROS é?!!!
    That’s my gal!
    Hummm… a Dani vai adorar saber disso.

  5. Eduardo disse:

    Para este blog só dando muitos premios!!!

    Bjs

    =-=-=
    Hihihi
    Eduardo, você é um gentleman!
    E olhe que não estou dizendo por causa do maravilhoso prêmio que ganhei de você.
    Como você bem sabe, vou ostentar (ou melhor *ME EXIBIR*) modestamente, claro.
    Ueba!!!!!!!! Já estava com saudade. Obrigada, obrigada, muitos muito obrigada!
    Edu, você sabe que adoro você, não sabe?
    Às vezes sou impulsiva (quem não é?) mas gosto mais ainda.

    Beijos, muitos: guarde um pra você e outros para a linda (mas linda mesmo) Paulinha.
    Uma explosão de charme na foto em que ela está com a minha queridíssima Vivina.
    Acho que quero ficar com aquela foto, hein?
    Meguita

  6. Meg, querida,
    Se a Mônica leu e gostou, não deve ter lido. Me fez lembrar o não li e não gostei do Oswald. Ou será que leu e estou sendo preconceituoso? Explico: tenho preconceito com relação a quem anda (principalmente se deita) com o Renan Calheiros. Não devia. Preconceito é uma coisa muito feia, não é mesmo? Enfim…
    Grande beijo,

    =-=-=-=
    Grande, querido e charmosíssimo Lord
    ;-)))))
    Você acabou de provar, de forma competente, decisiva e definitiva que preconceito é caso de se examinar caso a caso ;-))
    Alguns de nossos preconceitos deviam ser exibidos em nosso curriculum vitae.
    Aliás, eu sempre achei que preconceito é uma das melhores provas da lei da relatividade.
    Lord, adoro você.
    Beijos à Lady Cordélia.
    Meguita

    P.S. Sim, dizem que preconceito é coisa feia, mas sabemos que nem todos: por favor, pessoas queridas, leiam com cuidado o que escrevi.

  7. Celia Trakl disse:

    Liebe Meguita:
    Recebemos tudo, tudo muito lindo.
    Muitos danke.
    Escrevo para você, OK?
    Talvez telefone, diga horário melhor.
    Tua fabulosa sobrinha , Fraulein Libeth, manda perguntar se a Tante não gosta mais de poesia.
    Ela quer poesia, poesia e poesia.
    Pois é, como se diz na minha terra: dá-se a mão e querem o pé.
    Ou dá-se a Mãe e querem o Pai.
    uhua!
    Küssen, Puppe.

    =-=-=-=
    Eu também quero Poesia.
    Daqui pra frente… tudo vai ser diferente;-))))

  8. Celia Trakl disse:

    Não esquecer do Led Z.
    (pronto, tamos lembrando)

    =-=-=-
    Então… é hoje, não ´-e?
    Ay que nervios!
    Obrigada, meu anjo
    Meg

  9. Bem lembrado pela Celia

    hoje é dia de mortos-vivos ao vivo!

    And so today, my world it smiles,
    Your hand in mine, we walk the miles,
    Thanks to you it will be done,
    For you to me are the only one.

    Inspiration’s what you are to me,
    Inspiration, look see.

    Yeah!

    =-=-=-
    Putzgrilo, afilhado:
    Custava transmtirem pela TV, tipo umas paradas (há alguns anos) de futebol que era TIME *TAL* X RESTO DO MUNDO?;-))))

    Diga lá?
    Eu vou ficar aqui, com o coração na mão e nunca que vou saber coisa nenhuma, só notícias desencontradas.
    Tô meio fula, hoje;0(
    Mas tô torcendo. Nem quis saber de Police, por nelvosismo com o Zépilinm como diz você.

    Beijos apocalunkiados.
    Madrinha.

  10. Falando do Police para quem precisa The Police, no sábadão notúrnico tive uma daquelas premonições sotúrnicas (que seria muito melhor bem-vinda se fosse com uns números para mega-senas e congêneres).

    Bom, tivemos que desmarcar um show porque nosso bacterista arrumou de subir o morro para assistir ao Sting & Co.

    Pô, daí inventei de assistir ao JN, meio na cisma de ver se o cara tinha ido mesmo ou era caô – e adivinha quem aparece logo atrás da jornalista que estava fazendo a cobertura ao vivo, no final do jornal?

    O Çersço Cohab com a esposa – só faltou eles fazerem aquela tal “dança do siri”.

    e selaví!

    =====
    Bac…terista? Çerço Cohab? Oh minino! ;-)))
    Olha só, TeClaudio BocSon, eu vou logo avisando, se eu morrer aqui desse lado, assumam a responsabilidade.
    Desta vez a coisa vai ser séria! (deixa eu me antecipar fazer logo a ressalva;-)))

    Anyway, eu tenho uma amiga que a mãe dela todo dia diz que está com um *pressentimento*.
    O resto da família fica chateadíssimo porque os pressentimentos são só pra coisa ruim, *NUNCA* pra mega-sena e quetais
    Hohoho

    ******
    Agora tem uma coisa: já começou o concert e estou fazendo novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Ah! tô!
    Vai dar tudo certíssimo;-)

  11. Daniela Abade disse:

    Meguita,

    P’ssoa querida. Fico tão feliz com sua força. Respondendo à pergunta da Sophia, que já foi feita no blog do Sérgio, não tenho nenhum franco-parlante no projeto, porque dos três que eu convidei, nenhum aceitou. O que foi estranho em relação à experiência que eu vivi com os outros autores que eu convidei, que aceitara aceitaram de imediato entrar no jogo. De qualquer forma, em nenhum momento pensei em negligenciar a língua. A língua me negligenciou.

    Bom saber que Palpiteira já tinha passado por lá. E espero que você esteja gostando do meu mico. Confissão: eu estou boba com o trabalho de Matt-Max e David. adoro todos, mas os três, pqp, dá até vergonha de escrever com os três por perto.

    Bjo,

    Dani

    =-=-=-=
    Dearest Dani, sabes que além da pergunta da Sophia (boa reposta, digo, uma explicação que nos intriga, não é?), outras pessoas me escreveram.
    O projeto é maravilhoso, todos acham, e fico feliz que cada um procure sua língua preferida.

    Btw, vou colocar link para cada um dos *diaristas*;-))))
    Isso ainda vai render!
    Beijão, querida.

    P.S. A grande sensação, me dizem, e eu concordo é a hipérbole da estrangeiridade: ser *mico*.
    Primeira vez que *pagar mico* é sinônimo de sucesso.

    E a Palpi é mesmo especial;-).

  12. Eduardo disse:

    Meg,

    sabe, vou dizer, mas não vá se aborrecer, nem é uma grosseria: os comentários seus, e de terceiros, aqui no seu blog , valem pelas postagens!
    Uma delícias as interatividades. Os papos que rolam, muitas vezes, sem um certo pudor, e forma das postagens, propriamente ditas!
    Muito bom!

    Bjs

    =-=-=-=-=-=
    Eduardo, querido:
    Muito obrigada!
    Nem que fosse, meu querido… nem que fosse, eu me aborreceria.
    Eu não me canso de dizer que um blog é tanto mais valorizado quanto o for não a quantidade mas a *qualidade* de sua caixa de comentários.
    E eu tenho uma sorte imensa de ter nos comentários os fiéis , os de sempre e mais a população de freqüência flutuante.
    Com comentaristas excelentes.
    E vc precisa ver o que rola nos emails;-)))

    Quanto ao *sem certo pudor*, vou fazer uma confissão, eu os adoro, primeiro porque morro de rir , até agora o campeão (não, não vou o dizer campeão) mas eu adoro, além de rir muito, mostra a familiaridade , o bom humor, o *wit*, e – sobretudo, o quanto as pessoas se sentem à vontade aqui.
    E adoro quando contam histórias;-)))))))
    Que pode uma blogueira terminal como eu (que se não blogar não sabe viver), desejar mais?

    Um beijão, querido
    E obrigada.

    MegStar;-))

  13. e não que é os tios dino do velho zé pilim de chumbo mandaram bem?

    quer dizer, vi só uns pedacinhos, mas as críticas foram boas.

    achei um barato o Jimmy Page de cabelos brancos – me lembrou de uma que o Seu Zé gostava de dizer:

    “estou na idade dos metais – é ouro no bolso, prata nos cabelos e chumbo no saco!”

    ê sabedoria!

    ah! tem um comentário que devia ter feito já no início, de que o Nietzsche do cartaz aí acima tá a cara do Leminski (ou vice-versa)

    pocalunkinhos, e até widzenia!

    =-==-
    Hhahahahahahah!!!
    ;-)))))))))))))))))
    LOL! LOl! LOL!!!!
    Esta dos metais eu não conhecia;-))))
    Seu Zé era mesmo o máCSImo!!!!

    Mas, sim, sim, sim
    Estou realmente, rrrrrealmente muito feliz!!!!!!
    Muito , muito, muito.
    Adoro quando tudo dá certo com quem eu gosto.
    Aliás , adoro quando tudo dá certo com todos.

    =-=-=
    Pois é, menino, o Leminski, grande Leminski!!!!: lembra mesmo e acabei me lembrando do Cacaso e do Tite de Lemos.
    Ah! e quanto ao que vc chma de *sabedoria* eu tenho um amigo que diz: Cabedal, meu fio, cabedal!
    É isso, Ailson, como vc diz.

    Muitos pocalunkis, e até widzenia!

  14. fernando cals disse:

    Oi, Meguita,
    envolvido nesse afazer de recuperar meu coração, trabalhar e “otras cositas más”, tenho estado meio devagar nas visitas aos queridos amigos/as blogueiros.
    O que, a cada vez que visito, como hoje faço ao seu blogue, sinto-me entre culpado e perdedor, tantas são aas coisas boas que tenho perdido.
    Mas, procuro me re-engajar na minha ânsia louca de blogar, voltei a fazer as visitas, e, até, estou respondendo os comentários.
    Acho que conseguirei me redimir!
    Quanta coisa boa li, de cabo-a-rabo, de cima-a-baixo, aqui no Flabbergasted2, quantas!!!
    Falar nisso, em saude (a minha, depois das pontes está muito boa), cheguei a receber um e-mail seu, contando de alguns problemas que você procurava resolver. Tudo bem?
    Bom, amigona querida, creio que estando mais presente, saberei das coisas, a tempo a a hora.
    beijos
    fernando cals

  15. fernando cals disse:

    Oi, Meguita,
    complementando, pelo que li no livro e pelo cast do filme, não levo fé nesse filme, não!
    beijos
    fernando cals
    ps:do livro, gostei.Sem exageros, mas gostei.
    fc

    =-=-=-=-
    Fernando, queridíssimo Fernando!!!!
    Já fui lá no seu posto de PRIVILEGIADO OBSERVADOR!.
    Olhe, nem vou falar muito pra não me emocionar.
    Mas disse lá que mandei mensagem pra você até pelo Facebook.

    Acho que estamos ambos bem, Deo gratiae.
    Mande ver em São Paulo.

    Compartilho da sua opinião, sobre o filme, e vejamos o livro, qualquer dia.
    Grande Fernando, adoro quando você vem aqui, nesta casa que é toda, toda sua!
    Meguita

  16. MUTUMUTUM disse:

    Nusss… nunca ouvi falar de nenhum filme de Nítchi… legal as recomendações. Já li uma ou outra obra do cara e só não leio mais pq tenho de estudar pra concurso público :( Mto bom o/

    Abraços o/

    Menino, você é *O* CARA!!!!!
    você é *O* CARA!!!!!
    você é *O* CARA!!!!!
    você é *O* CARA!!!!!
    você é *O* CARA!!!!!

    E CLARO QUE VAI SE DAR BEM!!!!
    E CLARO QUE VAI SE DAR BEM!!!!
    E CLARO QUE VAI SE DAR BEM!!!!
    E CLARO QUE VAI SE DAR BEM!!!!
    ;-))))
    E é mesmo.
    Beijão
    Meg.

  17. palpi disse:

    Eu não sei, não, Meguita, talvez eu esteja vindo aqui só para receber os elogios descabidos que vc me faz, mas que eu adoro, hehehe. OMG, isso parece viciar! ;)

    Vou contar-lhe um segredo, a Daniela é sobrinha da minha tia – ah, se eu falar que ela não é minha tia também, sai de baixo! :). Hoje, nem sei se ela ainda quer ser minha tia, como já fez tanta questão um dia ;), mas agora eu decidi que é e não se fala mais nisso. Então, e quando cheguei ao blog da Daniela, several years later, ela estava de partida do Mundo Perfeito. Fiquei feliz em poder acompanhar seu trabalho mais de perto agora.
    Beijo, minha queridíssima.

    Ah, outro dia estive no Lord e não preciso nem dizer que me encantei com a rebeldia deliciosa que só Lords possuem. ;) hohoho.
    Beijão

    =-=-=
    Palpi, PalpStar!!!!

    Você sempre muito chic não é? Adorei esta história familiar.
    Eu sabia: quem sai aos seus não degenera, a Daniela é o MÁ-CSI-MO;-))
    Tô meio de olhinho fechando e o corpo fervendo.
    Meus sais, please.
    Um beijo, muitos beijos, queridíssima
    Meguita

%d blogueiros gostam disto: