Das rosas…

roseisameg.jpg

One perfect Rose

Dorothy Parker (1893-1967)

A single flow’r he sent me, since we met.
All tenderly his messenger he chose;
Deep-hearted, pure, with scented dew still wet –
One perfect rose.

I knew the language of the floweret;
“My fragile leaves, “it said, “his heart enclose.”
Love long has taken for his amulet
One perfect rose.

Why is it no one ever sent me yet
One perfect limousine, do you suppose?
Ah no, it’s always just my luck to get
One perfect rose.

ENVOI :

Esta Dottie é minha maneira de retribuir, meio a medo de não poder ser melhor, o carinho da minha querida LULU ,que no seu Diário mágico
escreveu para mim a grande e solene rosa de William Blake.Clique aqui.
*****************
Ah, obrigada querida Lulu, perfect rose...
Eu amooooo você.Como sabe(m), você e todos,
minha linda, corajosa, colorida e vertiginosa e menina.

Obrigada… Thou art my diva!

Sobre sub rosa
The most of all things and persons in the entire world drives me *flabbergasted". That includes me.

14 Responses to Das rosas…

  1. Não pense que eu li apenas a Dorothy Parker, li também tua resposta a meu comentário e anotei mentalmente: ela adoooooooora maus tratos….

    Beijo, querida.

    :¬))))

  2. Milton, querido;-)
    ;-)))))))

    Bem, depende, não é?;-)
    Fico entre o Nelson Rodrigues e a Leila Diniz.

    Um pouco de conforto e cafuné também vai bem;-).

    Taí a Dottie que concordaria comigo;-)

    Beijos, querido. Muitos
    Meguita,

  3. rose marinho disse:

    Rosas rosas…

    =-=-=-=-=-=
    De todas a cores, quando você vem aqui;-)
    Muitas Naras e Rita Lee.
    Da sua
    Meg Lindonéia

  4. denise disse:

    Meguita, que bela imagem!
    Estou enviando lindas rosas pra ti, viu minha flor?
    Como tem passado?
    ótimo fim de semana!
    beijo,menina

    =-=-=-=-=-
    Denise, minha docinha
    Recebo as rosas, obrigada
    Tenho passado zonza, mas bem-acompanhada;-)
    Um fim de semana lindo para você que merece como ninguém.
    Muitos beijos, linda.
    Meg und Drang

  5. Magaly disse:

    Que ! Lembrou-se da Dottie a essas alturas? Da poeta, com certeza, e da cronista de humor brejeiro e da feminista?
    Gostei de sua lembrança. Dá vontade de transcrever citações, comentários onde ela deixava entrever
    sua alma além de seu tempo.
    Escolhi:

    “Four be the things I´d been better whitout /
    Love, curiosity, freckles and doubt”

    “I like to have a martini,
    Two at the very most.
    After three I’m under the table,
    After four I’m under my host!”

    “Razors pain you;
    Rivers are damp;
    Acids stain you;
    And drugs cause crarnp.
    Gun’s arent lawful;
    Nooses give;
    Gas smells awful;
    You might as well live”

    Beijinhos pra você.

    =-=-=-=-=

    Ela é uma das deusas do meu Olimpo, Maga querida.

    Mas eu me encanto mesmo é com esse rir-se-doendo de si mesma, a fala auto-cortante.

    Agora ela era feminista?
    A minha outra diva, a Camille Paglia diz que não, embora a adore também.

    Queria mesmo era poder escrever sobre as duas.
    A sua “seleção é maravilhosa e tem especial sabor a primeira e a última, de fato, o melhor da moça que um dia ouviu o grito de guerra:
    RENDA-SE, DOROTÉIA!! ;-)))

    E desistiu de resistir.

    Muitos beijos, minha amadinha

  6. valter ferraz disse:

    Meg, “Uma rosa é uma rosa é uma” assim, sem pontos, nem vírgulas. Aliás, ando implicando com as vírgulas, pode um negócio desses?
    As frágeis folhas não explicam muito, mas ajudam um tanto!
    Fique bem, querida.
    Beijo, menina

  7. Valter, querido Amigo e querido escritor;-):

    Eu compreendo muito bem e você sabe que compreendo.

    Mas, como você sabe também, minha situação é mais complicada: são as danadas das vírgulas que implicam comigo.:o(
    Hélas!
    Beijos idem e idem pra você.
    Meg Lyn

  8. Magaly disse:

    Oi, querida, falha minha, penitencio-me. Nada de feminista. Passei o que pude no Google atrás de uma confirmação e não achei. Com certeza, uma idéia errada na minha cabeça, causada pelo comportamento ousado da escritora para a época em que atuou. Sua linguagem amarga, seu humor irascível, seu modo de ser desconcertante diante daquilo que não aprovava me confundiu.
    Não havia lido o suficiente para perceber que seu jogo comportamental era uma reação à vida que ela não conseguiu manejar a seu bel prazer.
    Mil beijos de desculpas.

  9. Orlando Gemaque disse:

    Meg,

    que bom que você voltou.
    A Lulu escreve muito bem.

    As duas são rosas de verdade.

  10. Celia disse:

    Meguita e Magaly
    Vão me desculpar, mas pra Camille Paglia, ninguém é feminista, só ela :-)

    Antes que a Meg me mate, quero dizer que ela vive no telefone, e que a Lulu realmente é f***…

    Agora desliga, Meg
    Beijos

  11. Pingback: Pelo (re)desabrochar da Rosa « Aprendendo a Aprender

  12. lulu disse:

    Minha querida amigameg,
    Estou em lágrimas, e olha que o lugar é público. Saudades de vc que me deu agora, daquelas saudades que dóem.
    E nesses tempos meus de silêncio de escrita, por que.. porque tanto e tanta coisa passam, porque às vezes não dá, como vc bem bem sabe, porque algo se cria aqui dentro e as rosas às vezes se fecham em botão e espinhos,
    tenho que te agradecer, tanto, tanto, pelo presente que me destes.

    Obrigada,

    espalhemos nossos perfumes para que nos levantemos uma e mil vezes. Pois não é assim que a gente faz?
    minha rosa em flor.
    Lu.


    =-=-=-
    Oh meu bem, meu anjo, minha amorinha. É assim, tem sido assim e não vai ser exceçõ desa vez.Eu ao voc~e e tenho audaes imensas.
    Um beijo
    M

  13. Eduardo disse:

    Meg,

    além dos textos dos post, os comentários, e a dinâmica que vc impõe à eles, é outra atração do seu blog.

    Beijois

    =-=-=-
    Querido Edu!!!!
    Obrigada meu querido Amigo aniversariante = o mês inteiro.
    Vamos fazendo o que dá.
    Muitos beijos
    Torça por mim OK?
    Merci

  14. Luma disse:

    Linda homenagem, Meguita! Só você! :) Beijus

    =-=-=
    Oh meu amorzinho.
    Obigada, obrigada, meu bem
    Sua opinião é importantísima pra mim.
    Escrevi para você.
    Te adoro.
    beijos
    M.

%d blogueiros gostam disto: