Dois pontos, um link e… Bienal do Rio

Machado de A-X

Letras, palavras e algarismos.

“Gosto dos algarismos, porque não são de meias medidas nem de metáforas. Eles dizem as coisas pelo seu nome, às vezes um nome feio, mas não havendo outro, não o escolhem. São sinceros, francos, ingênuos. As letras fizeram-se para frases; o algarismo não tem frases, nem retórica.”

Machado de Assis “Histórias de 15 dias”, 15 de agosto de 1876. Crônicas.
=-=-=X=-=-=X=-=-=-=
Alegria

“Não há alegria pública que valha uma boa alegria particular”

Machado de Assis. Memorial de Aires.

(Particularmente, eu a-do-ro esta última reflexão;-)

Ah: O link é este.
Chama-se Relógio do Mundo. DON’T EVEN ASK por que ele é importante. Só sei que o recebi, há mais de um mês, do escritor Luigi Augusto de Oliveira .

Então, fica assim : A primeira citação é para Magaly, Selma Santalices e Lord Broken Pottery, unidos, de algum modo, pela Matemática.
O link…don’t even ask ;-o) e a música é para o meu estrelo. Tá bem?

Ouviram a música? Pois é!
Agora, não esqueçam da bienalriomf.jpg(como se alguém pudesse esquecer e visitem este blog maravilhso, com uma única postagem mensal. Do grande artista plástico Eduardo Lunardelli: o CHAPA BRASIL. Inconcebível não conhecer.