“It’s exhausting being fabulous.” (updated)

Pra começo de conversa:
david-beckham.jpg
=-=-=-=-*~~~
OK, OK, queridas pessoas, não sei o que eu espera(va) de mim, nessa fase da minha carreira hohoho, mas a todo momento que venho até o computador , trabalhando como uma louca, eu deparo com essa afirmação. Esse statement, essa terrível constatação de alguém diante do mundo. Sabe, para mim, quando vi ou li a declaração da guria, pensei, Ih, parece até o Zé Bonitinho, lembram do fabuloso Jorge Loredo e sua frase imortal? Ele sim, fabulous, ganhou documentário belo e merecido.(*)
E pois não é que foi feito um documentário sobre (vejam só, reparem, behold, please!) um documentário sobre a Victoria Secret, ops não, um documentário que gira em torno (bela expressão esta) dessa minina, tadinha, que tá com tudo: foi Spice Girl e casou com o ah! – esse sim!;-) –Beckham, o grande e bonitão, jogador de futebol. Um verdadeiro deus grego, mais bonito que Adonis e que ficou com aquele rosto símbolo da tragédia quando foi derrotado: triste e altivo, ao mesmo tempo (aqui o pessoal do futebol há de me ajudar…) … foi!.
Olha, eu não sei não, mas acho que essa frase vai virar uma das mais famosas citações de todos os tempos.

Sim, eu sei não precisa traduzir, e eu, viu, Lord? – não saberia traduzir, vale a inflexão com que foi dita: “Cansa ser fabulosa!”, “É cansativo ser fabulosa”, sim, Lord, porque a moça já exausta, sendo recebida, pelo Tom Cruise, para altas rodadas, não deve ter tido fôlego para usar a palavra fatal e ainda uma exclamação no final: “É exaustivo ser fabulosa!” , não acha?victoriabeckham_exhaustve.jpg
Olha só, eu entendi assim: muito embora o marido tenha sido contratado para jogar o tal do “American soccer” nos USA, mais exatamente em LA, por um clube chamado Galactic, para popularizar o jogo por lá, coisa que, parece, nem o Pelé conseguiu (oh que falta me faz um mentor intelectual!) pois bem, vão seguindo meu conturbado raciocínio;-) eles se mudaram pra lá , de mala e cuia, e foram recebidos com tratamento concedido a chefes de Estados, são convidados todas as noites , dias também, para jantares, parties etc… mas ela, em sua atribulada concepção de mundo, penso eu, acha que ela é que é… a boa!, digo, o máximo, bom, concedo que ela tem um certo sucesso entre os homens, o marido é a prova., masssss : a declaração me leva a pensar que o pobre David não é (ou não faz) nada e ela é que tem que ser ‘fabulous’ e por conseqüencia, tadinha, de novo, fica exausta, não é?
Sim, claro, ela é very fashionable, tem uma griffe de jeans (oh frickin’ Victoria) e o que mais, alguém pode me dizer em que mais ela se notabilizou para ganhar um documentário e… o que mais, hein? Eu já imagino a cena: Victoria, a ‘Queen of Hearts’, com ou sem jeans, de mãozinhas na cintura e perguntando para o maridão: “E então, quem é *quem*; quem é something nesta casa e nesta vida? Quem é a celebrity?”
Depois falam do Ronaldinho, da Cicarelli e aquele, mais baixinho que Victoria, o ..ah! o Romário.
Já estou vendo ela na Oprah!
Vem cá, é só gozação ou isso existe mesmo?
Então, tá.
E sabe o que mais? Estou começando a ficar impressionada!.

=x-=x-=x-=-
Esta foi a minha conversa tela a tela, um exercício que estou fazendo em que, espero, com a ajuda de vocês, garotos e garotas, mininos e mininas, eu consiga ser mais concisa: dizer mais com menos palavras.
Desculpem, se não foi lá essas coisas.

Um beijo, fiquem com o youtube video:-) e até a próxima. Se, claro está, houver próxima. Vocês que sabem;-)

(*) post alterado. Mas tava muito divertido.humpft


Update com final feliz: Pronto, nada mais a discutir, nada mais a falar, hohoho, o Lord Broken-Pottery, que sabe das coisas anglo-saxônicas, veio aqui e liquidou a fatura: a Spice Posh está podendo mesmo. Much, much glam como dizia a moça do Sicssor Sisters;-)Falow!