Maravilhas da ‘Blogosfera’? Experimente esta.

scenamuda_sobrinhos_2007.jpg
acima duas maravilhas do universo: um exemplar da revista Sobrinhos do Capitão e um mais exemplar ainda:-) da revista Scena Muda, nº 733, de 9 de abril de 1935, presentes de amigos, quando fiz cinco mil anos, no dia 23 de junho, agora que passou

Antes de mais nada: eu não gosto do termo blogosfera. Primeiro, porque é anti-eufônico, digo, não é eufônico, quando eu ouço alguém dizendo isso é um horror; segundo, porque eu e mais alguns mais ‘antiguinhos’ no ramo dos blogs, sabemos que ele foi cunhado pelo pessoal blogger dos USA, quando fizeram um artigo, em 2002, perguntando se os blogs seriam uma tendência, uma *trend*, ou se tinham vindo mesmo para ficar, (imagine que em alguns lugares essa pergunta ainda é feita, juro) e nesse texto que está gravado no antigo Sub Rosa- flabbergasted, eles colocaram em itálico o termo, como um neologism que é(ra): blogsphere e isso não faz mais sentido mais hoje . Terceiro, porque sim: não gosto mesmo e duvido que tenha alguém que ache o termo bonitinho ou lindo, ou qualquer coisa assim. Mas, uso, porque se eu usar outro…
Gosto mesmo é do primeiro termo que existia, não existe mais, e que, não por estar na minha humílima ;-) presença fui euzinha que criei (acho que foi por isso que não vingou, fossem os ‘americanos, vingaria): o termo blogverso.! Acho lindo e poético.;-0) Ou seja o universo dos blogs.
Porque, vem cá, uma esfera é uma esfera , mas um universo é maior que uma esfera que como todos sabem é uma figura geométrica tridimensional, fechada, que a Selminha (não me perguntem quem é a Selma, pois todos sabem que ela é a matemática, a professora de matemática maior do mundo, e isso nem se discute pois vejam as comunidades que ela tem no ORKUT: SELMA SANTALICES e MATEMÁTICA /UEPA) falou que as esferas, por maior que sejam, estão contidas no Universo.
Mas aí, uma outra pessoa falou que blogverso (que termo lindo;-)] parecia que era algo correspondente a blogs que que mostravam versos (A burrice dessa gente é uma arte, a parte.)Bom, então, eu queria dizer e pedir, e agradecer, sobretudo agradecer à Aninha e ao James que são maravilhosos, sim, eles são e mais às centenas de milhares de pessoas ;-) que votaram no Sub Rosa, este que a que vos tecla mantém com alguma dificuldade, que passem, passem sim, transfiram ou nem precisam transferir nada, apenas vão e conheçam um site que venho hoje divulgar.
Substituam, portanto, em suas listas e por favor, vão visitar (o favor é a si mesmos) este site:

CAFÉ IMPRESSO

Lembrem-se é um site, mas este site, fantástico, que eu adoro e de onde, realmente e literalmente, eu retiro verdadeiras maravilhas que ele possui lá, também possui blog.
O site é mantido por um escritor que semanlmente faz uma crônica, gosto especialmente desta que ele fez na semana passada, mas vocês podem escolher o que quiserem.
Eu penso (ou sei) que não tenho “poder de fogo” para fazer uma divulgação maciça, então, porisso, continuando a tradição de o SubRosa ser um blog sobretudo de divulgação, pensei assim: se eu contar com as pessoas que aqui vêm e eventualmente me leiam, e se elas divulgarem o Café em seus blogs, acho que realmente vamos fazer um massiv attack. Ora se vamos!
Deliciem-se com os links, com as indicações que ele faz, explorem tudo. Tudo, tu-dinho. É maravilhoso.
Agora, me digam se eu não tenho razão: Eu imaginava não poder mais ler um escritor que quem não leu não merece… o que? bom, o escritor é o CAMPOS DE CARVALHO, figurinha difícil, só conhecido de poucos , os happy few.
Eu, por exemplo, só tinha aqui em casa dois livros dele, o “A Lua vem da Ásia”, e “A vaca do nariz sutil” e…aleluia! consegui os demais num link do Antonio Caetano que é o reponsável pelo Café.

ADENDA: Estive procurando e agora não vi mais, ou seja, corram lá, porque se a gente não visitar as maravilhas elas se cansam e desaparecem.

WOW!!!! Eu acabo de saber que o Lord Broken-Pottery também me indicou como maravilha…Oh my gosh! São delicadezas da nobreza que eu também agradeço.

2-

“Minha tribo é composta pelos meus fantasmas –
muitos dos quais nem conheço ainda.”
Campos de Carvalho

3- RAPAZES E MOÇOILAS – sei que todos já sabem, mas não custa dar uma olhadinha no blog do James, o REFLEXÕES. Vão e me contem:-)

 

Sobre sub rosa
The most of all things and persons in the entire world drives me *flabbergasted". That includes me.

21 Responses to Maravilhas da ‘Blogosfera’? Experimente esta.

  1. Puxa! 5000 anos. Daqui a outro tanto você vai poder cantar a música do Raul Seixas sem estar falando metaforicamente. Já pensou? Vê se aproveita senão passa rapidinho.

    Posso se chato sem querer ser? E se o universo for uma esfera?
    Pronto, agora que já pentelhei vou lá conhecer o site que você indicou.
    Beijins

  2. Maria Elisa says:

    Putz, Strangler, devo reconhecer que vc foi maravilhosamente espirituoso dessa vez e , desta vez, “não foste pentelho, não”
    Boa , lembrança do Baghadad Gitah (que claro se eu não sei nem digitar a palvra *palavra*, direito, imagine essa coisa aí.
    Outrossim;-), perguntarei à professora Selma, assim que ela apaarecer – embora eu não acredite em aparições, e em seguida responder-te-ei;-)))
    Um beijo
    de Lady Picadinho para o Boston’s Strangler

  3. Yvonne says:

    Lindíssima, passei por aqui para dizer que acabei de linkar você lá no meu cantinho. Já deveria ter feito isso, mas é que sou meio burra com esse tipo de assunto. Para mim, é uma honra saber que você faz parte do meu círculo de amigos virtuais. Beijocas

    Querida, a essas alturas, você já viu que me deixou emocionada.
    Fico felicíssima de ser recebida por vocês, de braços abertos.
    Sabe esse carinho todo, me faz pensar muito na VIDA e nas PESSOAS
    Só sei que foi muito bom estar ali,
    beijos, querida

  4. Meg,
    gosto de blogolândia, que não sei quem inventou. Lembra brincadeira, igualzim o Michael Jackson criou a neverland lá dele prá brincar com seus (dele) garotinhos. Meu filho fala que agente leva esse treco aqui à sério demais. Às vezes, penso que ele tem razão. Tem sua importância, é claro. Mas na vida, tudo é passageiro menos o cobrador e o motorista, é ou não é?
    Falando sério agora (é, às vezes falo sério, sim): o termo que mais explica o mundnho é blogworld, mas eles queriam um termo pejorativo, uma trend então ficou esse negócio.
    Vou seguir tuas indicações, sempre certeiras.
    Fique bem,
    beijim

    ********
    RESPOSTA:

    Valter, tudo certo, muito certo, certíssimo o que vc diz
    E o teu filho tem toda a razão!
    Hahahah, essa é boa: tudo é passageiro;-0) como já dizia nosso filósofo Nelson Ned, não é?
    Valter, estás very witty:-)
    OK, blogworld tudo bem, mas é que nessa época, ainda não se falava e NEM SE PODIA falar assim, lembro que o NEMO NOX um dos primeríssimos a ter blogs e do qual todos nós derivamos (ele é o nosso blogfather) ajudava a todos. O que havia de bugs…não era biscoito. Comentários, era um luxo que não se podia ter…a não ser os privilegiados como o Nemo e que abdicou desse luxo há muito tempo. Nem mesmo nos USA as pessoas estavam certas de que os blogs iriam vingar. Ah! essa história de blogs, no seu início, Valter merece e muito ser contada.
    A Fezoca uma das primeiríssimas (minha blogmother) também, ela é que tinha como servidor o mother(fuck):-) e contava para a gente que quando tinha 10 (dez) leitores era a glória;-).
    Realmente eles tinham razão, pois ninguém, nem eles nem nós sabíamos se não era realmente um trend.
    beijíssimos, pára de dizer beijim, please?:-))

    ******

  5. esse papo de blogosfera é muito careta, quadradão pra dedéu.

    Eu também , acho, afilhado!
    ;-)))))
    Pocalunki com l cortado;-)
    Blogmother;-)

  6. Meg,

    Eu gosto de Blogosfera. Gosto sinceramente! Apesar de ser antigüinho, não cheguei a ler o artigo original que taxou o termo em inglês. Mas, falando do fundinho do meu coraçãozinho, Blogverso é muito mais tchãn!

    Pode ser que não tenha “pego” ainda, mas, vamos lá, vou começar a usar Blogverso pra dedéu e vamos ver se isso não gruda! Tentar novamente, porque não?

    Ao Café Impresso.

    Abraço Meg!

  7. Maria Elisa says:

    Rafael, és um querido.
    Pergunta à tua querida e amada (adoro ela) e vê se ela não dirá o mesmo! hohoho

    Valter, gosto de BLOGOLÃNDIA,. tái…a-do-rei!

    E o nosso galeto Boczon, tem toda a razão:-)
    Beijo

  8. Ery says:

    Meg, este post está magnífico, o que, aliás, não é nenhuma novidade em se tratando de vir de alguém com sua experiência blogueira e “otras cositas”.
    Também não gosto do termo “Blogosfera”. Até uso porque não sou um neologista militante. Juro que vou pensar em construir uma palavra que defina melhor isto tudo. Blogverso também já li por aí e acho bem melhor. E o caso é o seguinte: temos “poder” de divulgação, é inegável. Assim, se empreendermos uma campanha no sentido de mudança é bem capaz de conseguirmos. Vamos nessa?
    Sua indicação do Café Impresso é genial. Que site agradável! Quantas idéias aceitáveis, palavras bem colocadas e principalmente bem ao meu gênero: organizado. Fico fã de um trabalho assim. Esqueça qualquer dúvida se irei linká-lo. Gratíssimo por este lindo presente.
    Você fez aniversário em 23 de junho? Como assim? Sem avisar os amigos mais recentes que não sabiam de nada? Intimada está para fazer uma festa especial. Parabéns por toda essa “interminável vívica vivência”. Adorei vir aqui hoje, até mais do das outras vezes. Sabe por quê? Porque você é cada vez melhor. Um beijo.

    ——
    Resposta:

    Puxa, Ery,
    parece que stá aqui, no seu comment, um dos mais belos presentes de aniversário.
    Sinceramente, estou tão emocionada (isso de amigos recentes – como você pode imaginar, tocou fundo em meu coração) que espero, minha resposta não ser afetada por isso.

    *****
    Bom vamos lá:
    Olhe, Ery, quando uma coisa se instala, mesmo que não tenha muita importância, o fato de a gente resistir dá-lhe uma importância que talvez seja maior do que realmente tem.
    Vamos chamar do jeito que quisermos: blogmondo, blogverso, blogosfera (menos blogoesfera hohoho). Aí tudo se dilui. Ou então, pense numa melhor. Faço fé!
    Quanto ao Antonio Caetano, peço que vc divulgue também no seu blog e que cada um divulgue, , se gostou. etc…

    Um beijo e obrigada.

  9. James says:

    Mestra…
    assim a senhora mata esse calouro de emoção!

    Vc é um anjinho sem asas , hein James.. Ovídio na veia, como diz o Rafael.
    beijos
    M.

  10. Eduardo P.L says:

    Meg, estou com o Ery, vamos fazer emplacar BLOGVERSO.
    Eu já adotei. Assumi.
    Vou ao Café, e sei que é bom, porque você só recomenda coisa boa! Reflexões sou freguez.
    Muchos besos….querida Meg.

    EDUARDO, querido:
    estou voando para lá pro VARAL. UM dia sem VARAL, a coisa fica feia!
    Todos ao Varal
    beijos
    Meg

  11. Ovídio na veia! Brigadú!

  12. Oi, visitando seu aconchego pela primeira vez.
    Gostoso de ficar aqui viu.
    Te achei lá no Allan, através do seu comentário…
    Como cheguei primeiro escrevi por antecedência o que você “talvez”, pensou em escrever também.
    Boa semana

    =-=-=-=
    Georgia, foi muito bom conhecer seu blog, conhecer sua história, seu Schatz;-) , os filhotes…
    Fiquei também muito tocada pelao que diz sobre o trabablho de crianças, tema importante, que eu tratei aqui – no dia 1 de junho – mas sem um milésimo do seu conhecimento.
    Puxa, eu fico felicíssima de ser encontrada e ir num atelê como o seu, eu que não sei nem *chulear*- conhece essa palavra?)
    É uma palavra rica em significados:-) e eu uso dois o da costura e o da torcida.
    Parabéns!
    Eu sabia que mesmo Allan não vindo aqui (brigue com ele, Georgia, brigue:-) – dele só podem vir coisas e pessoas muitos boas.
    Vou descobrir, isto é, procurar o comentário, certo?
    Geórgia, seu blog é uma maravilha, vamos divulgá-lo mais, certo?
    Danke schön
    Küssen,
    Meg

  13. aninhapontes says:

    Meguita querida, bom dia.
    Eu nunca parei prá pensar se blogosfera ou outro nome qualquer fica bem ou não. Agora vc despertou essa curiosidade. Vou pensar.
    Quanto à votação, seu blog merecia mesmo centenas de votos, se o motivo da votação é um blog maravilhoso, o seu tem que estar encabeçando a lista. Disso ninguém tem dúvidas.
    Por tudo qie vc nos oferece, nos presenteia com posts inteligentíssimos, com brilho, luz e cultura.
    Não fosse o bastante, ainda nos indica o que de melhor conhece. Fui lá no café, achei linda a frase: “O amor é atenção e silencio”, ou seja o amor é maturidade.
    Perfeito.
    Você é maravilhosa menina, e nós adoramos você.
    Um beijo.

  14. Apelidos, depois que pegam, são difíceis de tirar. Ainda prefiro blogosfera, reflete melhor o tamanho da coisa, que, na verdade, é muito pequena. Parabéns, mesmo que atrasado, hehehe beijão

    ***
    RESPOSTA:-
    Bom, Afonso, não se trata bem de apelido e o espaço tridimensional de uma esfera indica que ele é infinito.
    Se vc acha que o infinito é pequeno..hahahah, não sou eu que vou contradizer o nobre Amigo.
    Beijos nobilíssimos
    Humilda Serva, que agradece os parabéns;-0))

  15. AV says:

    Meg,
    Também não tenho nada contra blogosfera (aliás, quanto à fonética, pronunciado à portuguesa é mais fácil) mas confesso que nunca parei para pensar no assunto.
    Bloglândia parece-me um parque de diversões, e é ainda mais um neologismo americano. Pelo menos “esfera” e “sphere” são palavras com a mesma raíz, mas já “terra” e “land”…
    Quadradão – como diz o Cláudio – não acho, a não ser que fosse blogocubo!
    Blogverso, blogverso, blogverso… é mais poético mas não sei, talvez um dia me habitue mas não me parece. Sorry, amigos.
    beijos
    ana

    =-=-=-=
    Ana Vidal, minha querida
    Engraçado o destino de um post, não é?
    Na verdade a história de Blogosfera, bem.. só surgiu porque fui contemplado com um label de uma das 7 maravilhas da blogosfera.
    agora, se vc notar, pois veio de lá de Porto Galo, mais precisamente da maravilhosa cidado do PORTO, está escrita 7 maravilha da BLOGOESFERA.
    Spitz! afinal, não contente com blogosfera ainda vem mais um mais antieufônico: BLOGOESFERA, em luigar de BLOGSFERA. Aonde vamos chegar com isso:-)

    Mas na realidade, unfortunately, acabei chamando mais atenção para o termo que na verdade como diz o bardo: palavras são palavras… e ficarei triste se deviar a aternção do CAFÉ IMPRESSO, que esse sim é que merece ser discutido.
    Um beijo
    Meg

    PS IMPORTANTÍSSIMO: O Claudio Boczon é um dos melhores trocadilhistas da praça;-), o cara que faz wordplays, agilíssimo em jogo de palavras.. Como não vi, um smilie na sua afirmação;-) acho que não deve ter notado que o que ele fez lá ao dizer que era blogoSFERA era um papo quadrado pra dedéu, era um intended pun.
    Aliás, um dos MELHORES dele. Ah! Há vida como ele é:-)
    Esses meninos são danados. Precisa ver ele e GUGALA juntos:-)

  16. AV says:

    Pois então tiro o meu chapéu ao Cláudio, e as minhas humildes desculpas!!
    BlogoEsfera é a pior de todos as hipóteses, caramba! Assim prefiro a blogolândia, com mickey, pateta e tudo o resto.
    Rendo-me.

    E mando um grande beijo para você, querida Meg.

  17. eu acho que vi um filme da bette davis… ;-)
    beijoocaas!
    ************
    Magina, logo você???!!!!!
    Hahaha
    just for your eyes
    Seria perfídia não notar;-)

    Olhe, vou madar por email, mas pode dar uma olhadinha aqui: É da nossa poetisa portuguesa ANA VIDAL

    ****
    Oh Ana, estou apresentando os seu pastéis à maior e melhor chef do mundo:
    Minha querida blogmother, jovem e linda, que junta jornalismos literatura e culinária;
    (spitz! Fezoca, tô pensando em fazer um post bem bacaninha do chucrute, para os meus amigos recentes;-) um verdadeiro luxo!!!!
    É honra até não acabar mais para mim.
    beijuuuus

  18. Magaly says:

    Oi, Meg , eu me lembro muito bem de quando você cunhou o termo blogverso no lugar de blogosfera que me soava mal composto, antieufõnico também. Passei a usar determinadamente o blogverso e o fiz por muito tempo até que me rendi à realidade. Minha voz era inaudível, ninguém se dispôs a acompanhar-me.
    Agora, o cenário é outro. Se há um propósito de uso massivo, estou dentro, somando minha débil voz às vozes de nomeada que freqüentam o Subrosa.Tou nessa mesmo.
    Quanto ao Café Impresso, há muito que o conheço e admiro. Recebo as crônicas em meu Outlook e elas são deliciosas.
    Agora, vou deixar de ser comodista e passar a aproveitar o site todo.
    Andei meio ausente, mas foi com todos enquanto resolvia meus problemas pessoais, Agora estou na área.pra valer.
    Valeu sua visita lá no meu chão, o que me cai sempre como um presente
    Tudo bem, então; lá vou eu.

    RESPOSTA:
    Hahahah, Maga…sua voz inaudível, vc está sonhando, linda… Eu é que sou, ou melhor estou, mas vamos sair dessa lentamentente mas firmemente…É só ser cuidadosa com quem aparece e resistir às aparências..;-o(((
    Ás vezes fico muito triste e conffesso pra vc: estou deprimidíssima. Estou sim, e muito.
    Mas conto com você, querida.
    Pois é, nosso Antonio Caetano é uma unanimidade!
    Eu falei pra ele.

    Beijos, amadinha, amorinha.
    Estou na chon ;-o((((((

    beijos
    Sua
    Meggy

  19. AV says:

    Meg, querida

    Já conhecia o chucrute, é uma visita que faço muitas vezes. Grande Chef Fer Guimarães Rosa, que ainda por cima tem um sobrenome de respeito! Parabéns a ela e longa vida ao delicioso blog (literalmente).
    E a você, amiga, obrigada pela divulgação do Pasteis, que tenho negligenciado bastante por sinal. Vou ter mais cuidado com ele, agora que tenho visitas tão ilustres.

    Beijo
    ana

  20. Magaly says:

    Adorei a música. É que adoro esse menino sô!

    Aproveitei para pegar os programas conversores que vc ganhou do Cláudio e do Paulo (posso falar assim, né? posso ser a vó deles todos, pois não?)

    Nem falo para animar-se (quando ela vem sorrateira) pq que sei que vc é mais forte e mais atilada e recobra logo sua vivacidade tão cara a nós todos. que malhamos o chão subróseo com tanta confiança e paixão.

    Adios, bambina mia, tenho que sair rapidinho.Volto mais tarde

  21. Meg,
    Você sabe, mais do que sabe, de meu amor pelas palavras. Dividimos, aliás, esse amor. Adorei o blogverso. Está automaticamente incorporado ao meu vocabulário. Se o Guimarães Rosa, escritor festejado, podia criar palavras e inventar o horrível “estória”, com “e”, porque a Meguita não pode criar uma palavrinha? Linda, por sinal. Pronto, está adotada. Daqui pra frente infestarei o blogverso com meus escritos. Não ficou bom?
    Beijão

%d blogueiros gostam disto: