O LIVRO e os SANTOS (guerreiros)

19062

Para os SANTOS:
“Ah! se ao comprar livros , pudéssemos comprar também o tempo para lê-los, mas, no mais das vezes, se confunde a compra de livros com a apropriação de seu conteúdo.[…] Qualquer e todo livro minimamente importante deveria ser lido de imediato duas vezes, não só porque na segunda vez compreendemos melhor as coisas em seu conjunto e só entendemos bem o começo quando conhecemos o fim; mas também porque, para todos os efeitos, na segunda vez abordamos cada passagem com um ânimo e estado de espírito diferentes do que tínhamos na primeira, o que resulta em uma impressão diferente e é como se olhássemos um objeto sob uma outra luz. […]”
Leia mais deste post